O Corpo de Bombeiros do Paraná reforçou a ajuda às buscas em Brumadinho (MG), com o envio de uma nova equipe para a cidade da região metropolitana de Belo Horizonte, atingida pela onda de rejeitos de minério com o rompimento de barragem da Vale, em 25 de janeiro. Oito bombeiros militares seguiram para a região do Córrego do Feijão nesta segunda-feira (11), acompanhados de um cão farejador certificado internacionalmente para a atuação em busca e resgate de pessoas.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Pastor Malinois, Brida tem um ano e meio de treinamento e atuação junto à Polícia Militar; o animal e seu condutor – igualmente especializado – pertencem ao 2º Subgrupamento de Bombeiros Independente de Pato Branco. Os demais profissionais que seguiram viagem para Minas Gerais integram o Grupo de Operações de Socorro Tático (GOST), todos com experiência em situações de salvamento de acordo com a Polícia Militar.

+Leia também: Pedágios da BR-376 e BR-116 podem subir 25% com mudanças em contrato de concessão

A nova equipe partiu para Brumadinho em três viaturas, ideais para o terreno a ser enfrentado, e dá início ao revezamento de equipes: substituem outros seis bombeiros que estavam em Minas desde o começo do mês e devem regressar ao Paraná ainda nesta semana. Também integrantes do GOST, auxiliaram nas atividades de resgate que são realizadas na região em busca de corpos das vítimas que foram soterrados pelos rejeitos.

Auxiliam nos trabalhos na região do rompimento da barragem ainda outros cinco bombeiros oriundos do Paraná, integrantes do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) e que foram a Brumadinho no helicóptero do batalhão.

Temporal pode atingir Curitiba e grande parte do Paraná nesta terça-feira!