enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Impostos

Bolsonaro aumenta o IOF e estuda reduzir alíquota mais alta do Imposto de Renda

Presidente anunciou aumento de imposto no quarto dia de governo, para compensar prorrogação de benefícios fiscais que sancionou na quinta (4)

  • Por Gazeta do Povo

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta sexta-feira (4) que haverá aumento de alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Ele também anunciou que a equipe econômica estuda também reduzir a alíquota mais alta do Imposto de Renda, hoje de 27,5%, para 25%.

A elevação de tributo, anunciada no quarto dia de governo, contraria promessa de campanha de não elevar impostos. Bolsonaro afirmou ter sido “obrigado a tomar essa decisão” para compensar a prorrogação de incentivos fiscais.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

“O nosso governo tem de ter a marca de não aumentar impostos”, disse o presidente em entrevista coletiva na Base Aérea de Brasília, após cerimônia de posse do novo comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), Antônio Carlos Moretti Bermudez. “A meta dada à equipe econômica é que não haverá mais majoração da carga tributária, mais importante que tudo isso, é desregulamentar, desburocratizar, tirar o peso do estado de quem produz, essa é a meta que em grande parte todas as medidas vão buscar.”

A elevação do IOF, segundo ele, será para compensar a prorrogação de benefícios fiscais às regiões Norte e Nordeste aprovada pelo Congresso Nacional em dezembro e sancionada pelo próprio Bolsonaro na quinta-feira (3). Embora tenha dito que foi obrigado a subir o imposto para não desrespeitar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LFR) – que impõe a necessidade de compensar perdas de receita, como as desonerações –, o presidente poderia ter vetado os benefícios fiscais, se quisesse.

Leia mais! Curitibano recebe R$ 77 milhões na conta e perde tudo no mesmo dia!

“Essa questão [aumento do IOF], infelizmente, foi assinado decreto nesse sentido, para quem tem aplicações aí fora, para poder cumprir uma exigência de um projeto aprovado como pauta bomba, contra a nossa vontade, o Paulo Guedes anuncia hoje também a possibilidade de diminuir a alíquota do Imposto de Renda, porque no nosso governo tem de ter a marca de não aumentar impostos, porque essa medida infelizmente fui obrigado a tomar essa decisão”, disse Bolsonaro, segundo o jornal “O Globo”.

+ Viu essa? Mulher é assassinada com quatro tiros no peito! Motivo ainda é um mistério!

Bolsonaro, no entanto, não soube afirmar qual será a nova alíquota do IOF: “O percentual é mínimo, é fração, não tenho essa informação aqui”.

A possibilidade de aumento do IOF foi antecipada pela “Folha de S.Paulo”. O jornal citou a elevação da alíquota sobre crédito pessoal, ao passo que Bolsonaro mencionou o imposto sobre quem tem dinheiro no exterior.

Possibilidade de baixar IR será anunciada por Paulo Guedes

Bolsonaro disse já ter assinado decreto a respeito do IOF. Em relação à redução da alíquota mais alta do IR, por sua vez, disse se tratar de uma “ideia inicial”. Atualmente, a faixa de 27,5% é cobrada de quem ganha mais de R$ 4.664,68 por mês.

+ Leia mais: Motorista morre ao ser atingido por carro que furou a preferencial em alta velocidade

“Paulo Guedes anuncia hoje também a possibilidade de diminuir a alíquota do Imposto de Renda”, disse. “É uma ideia inicial. Ele acabou de anunciar. A nossa maior alíquota é de 27,5%. Passaria para 25%”, acrescentou.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Moro autoriza uso de Força Nacional no Ceará após onda de ataques

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

19 Comentários em "Bolsonaro aumenta o IOF e estuda reduzir alíquota mais alta do Imposto de Renda"


Mário
Mário
2 meses 13 dias atrás

A imprensa esquerdista tá matando a pau e , se tiverem a oportunidade , vão deturpar tudo que o bolso falar .
Até msmo se ele sair do banheiro e não lavar mão , virará notícia

MAIOR DO ESTADO
MAIOR DO ESTADO
2 meses 13 dias atrás

calma vermelhinhos, é só o quarto dia de governo… vai dar muito trabalho limpar a sujeira que vcs deixaram… mas mesmo assim a bolsa bate novo recorde e o dolar cai de novo..

ainda vai ter muito choro no ”portão das lamentações” na PF em Curitiba

José  Armando
José Armando
2 meses 13 dias atrás

militontos não aceitam a vontade do povo TRABALHADOR expressa nas urnas,chorem fedorentos

General
General
2 meses 13 dias atrás

Ele também anunciou que a equipe econômica estuda também reduzir a alíquota mais alta do Imposto de Renda, hoje de 27,5%, para 25%. Mais uma vez quem ganha mais está sendo beneficiado. Pobre nunca atinge a alíquota mais alta.

Flavio Steiner
Flavio Steiner
2 meses 13 dias atrás

Não é verdade. Mas um presidente que tem que ser desmentido duas vezes numsó dia é phoda…

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas