Três itens de segurança implementados pelo Banco Central nas cédulas de R$ 2,00 e R$ 20,00 serão colocados também nas cédulas de R$ 50,00 para dificultar a ação dos falsificadores. São eles a marca d?água diferenciada (no caso da nota de R$ 50,00, será a onça pintada com o número 50), a alteração da trama no canto inferior esquerdo, onde se lêem as letras ?B? e ?C?, e o símbolo das armas nacionais com registro coincidente.

Esses elementos básicos já têm a inserção decidida nas novas cédulas de R$ 50,00 que deverão ser lançadas no início de 2004, informou à Agencia Brasil hoje, no Rio, o chefe do Meio Circulante do Banco Central, José dos Santos Barbosa. Outros elementos poderão dar o ?up grade? ou melhoria às notas, como a utilização de uma banda holográfica adotada nas cédulas de R$ 20,00, atendendo à recomendação da Interpol, e uma tinta especial usada no dólar e no euro , e mais recentemente no peso mexicano, que muda de cor à medida que a cédula se movimenta.

José dos Santos Barbosa afirmou que serão utilizados pelo BC os dispositivos que inibem a reprodução das notas por fotocopiadora colorida ou por scanner. As melhorias serão definidas ao longo deste ano, durante reuniões que se sucederão entre o Meio Circulante do BC e a Casa da Moeda.