Previsão é exportar 12.000 unidades
neste ano apenas para o México.

Novo modelo produzido no Brasil já é comercializado no principal mercado automotivo da América Latina. Uma série de eventos para imprensa, revendedores, fornecedores e autoridades governamentais aconteceram na semana passada no México para o lançamento oficial do VW Fox.

Denominado Lupo no principal mercado de exportação da Volkswagen do Brasil, o automóvel criado e produzido integralmente no País já obteve uma ótima primeira impressão junto aos diversos públicos locais, fato que reforça a previsão de sucesso do novo produto também no México. “Os mais de 200 pontos de venda da marca no país já receberam 3.000 unidades do Lupo até fevereiro.

A previsão da subsidiária brasileira é exportar 12.000 unidades neste ano apenas para o México, incluindo as versões duas e quatro portas”, revela Leonardo Soloaga, gerente executivo de exportações da Volkswagen do Brasil.

Comercializado de série com diversos equipamentos como direção hidráulica, rodas de alumínio, 17 porta-objetos multifuncionais, trava central de portas, alarme, imobilizador eletrônico e bancos traseiros deslizantes, o Lupo é oferecido em duas versões de acabamento e apenas na motorização 1.6 L a gasolina.

Tal qual no Brasil, o posicionamento de preço do Lupo no mercado mexicano será na faixa intermediária entre o Gol (campeão de vendas que recebe localmente o nome Pointer) e o Polo.

O México é o principal mercado de exportação da Volkswagen do Brasil, responsável por 50% das vendas internacionais em 2003. Foram 83.169 veículos embarcados no ano passado, distribuídos pelos seguintes modelos: Gol (Pointer), 60.299 unidades; Polo Sedan, 11.278 unidades; Golf, 2.949 unidades; Parati, 2.954 unidades; Polo hatch, 2.578 unidades; Saveiro (Pointer picape), 2.012 unidades; Fox, 622 unidades; e Audi A3, 477 unidades.