enkontra.com
Fechar busca

Automóveis

Clio Hi-Flex impressiona pelo desempenho

  • Por A.c. Bispo
ja811161204.jpg

Motor 1.6V da Renault é o
mais potente do segmento.

No Brasil, após inaugurar o segmento dos monovolumes com o lançamento do Scénic, a Renault inova mais uma vez ao lançar o motor 1.6 16V Hi-Flex, o propulsor mais potente do seu segmento, que passa a ser o primeiro multiválvulas a contar com os benefícios da tecnologia bicombustível.

Para comemorar o lançamento do primeiro veículo produzido pela Renault do Brasil equipado com motor bicombustível, a marca apresenta a série limitada Clio Hi-Flex 1.6 16V, disponível nas carrocerias "hatch" (2 e 4 portas) e sedan.

Baseada na versão de acabamento Expression, a série limitada Clio Hi-Flex 1.6 16V traz de fábrica airbag duplo, direção hidráulica, vidros dianteiros elétricos com controle remoto por rádio-freqüência, alarme anti-furto, volante regulável em altura, trava elétrica automática das portas e do porta-malas a partir de 6 km/h (sistema CAR), bloqueio de ignição e injeção eletrônica por transponder, limpador/lavador do vidro traseiro (hatch 2p e 4p), bolsa "canguru" atrás dos encostos dos bancos dianteiros e porta-objetos sob o banco dianteiro do passageiro (configurações "hatch" 4 portas e sedan).

O novo Clio 1.6 16V Hi-Flex passa a ser o carro mais potente do seu segmento, superando inclusive os motores da concorrência com cilindrada superior (até 1.8 litro). O propulsor desenvolvido pela Renault desenvolve 115 cv de potência (abastecido com 100% de álcool), 4 cv a mais que o segundo motor mais potente do mercado no segmento.

Outra inovação do motor 1.6 16V Hi-Flex é que ele passa a ser o primeiro propulsor bicombustível que funciona com gasolina pura (sem adição de álcool), o que permite com que o veículo seja abastecido em todos os países da América do Sul, sem queda no rendimento do motor. O motor 1.6 16V Hi-Flex é o primeiro propulsor nacional de série a trabalhar com qualquer tipo de gasolina, independentemente da proporção de álcool adicionado à sua fórmula (a gasolina brasileira E24 possui 24% de álcool adicionado, enquanto os demais países do Mercosul utilizam a gasolina E0, sem álcool).

Com isso, o cliente poderá abastecer com gasolina de qualquer posto da América do Sul. Essa peculiaridade poderá, no futuro, abrir a possibilidade de exportação dos veículos bicombustível.

Olho Clínico

O Renault Clio 1.6 Hi-Flex Privilège avaliado pelo Jornal do Automóvel tem um desenho simpático, com a frente de linhas agressivas introduzida em 2003 e que deve permanecer assim, ainda por algum tempo. Seus pára-lamas dianteiros de plástico são resistentes a pequenas batidas. Seus faróis proporcionam boa iluminação.

Externamente, a única diferença visual está no logotipo instalado em sua traseira. Internamente, seu acabamento é praticamente exemplar, com painel em duas tonalidades, volante de couro e bancos macios e confortáveis com acabamento em tecido atoalhado. Porém o espaço no banco traseiro é meio apertado para quem tem pernas compridas. Mas seu porta-malas acomoda 255 litros de bagagem.

A Renault precisa rever e modificar a colocação dos comandos do Clio 1.6 Hi-Flex, que estão mal posicionados, principalmente os comandos dos vidros elétricos, colocados à frente do câmbio. E por falar em câmbio, o mesmo vibra, ou melhor dizendo, balança.

Mas quando se dá partida no Clio 1.6 Hi-Flex, tudo muda. Seu motor responde muito bem com qualquer mistura de combustível. O carro roda suave e silencioso, e as reações da suspensão e freios agradam. A alavanca de câmbio tem curso longo e oscila.

Avaliado no trecho da BR-277 entre Curitiba e o litoral, o carro impressionou por seu desempenho, vencendo com tranqüilidade os 14 km da subida da serra. Segundo a montadora francesa instalada em São José dos Pinhais (PR), o Clio 1.6 16V Hi-Flex alcança a velocidade máxima de 194 km/h e acelera da imobilidade a 100 km/h em 9,3 segundos. Mas não conseguimos igualar as marcas divulgadas pela Renault quanto a consumo: 8 km/litro na cidade e 11,1 km/litro na estrada. Chegamos a 7 km/litro no ciclo urbano e 10 km/litro na estrada.

Os modelos Clio Hi-Flex e Clio Sedan Hi-Flex competirão no segmento de carros pequenos bicombustível, que atualmente representa 29,3% do mercado de automóveis pequenos. Os principais concorrentes do Clio Hi-Flex são o novo Chevrolet Corsa FlexPower, o Ford Fiesta 1.6 Flex, o Volkswagen Fox Total Flex e o novo Fiat Palio Flex, enquanto o Clio Sedan Hi-Flex competirá com os modelos Novo Chevrolet Corsa Sedan FlexPower, Novo Ford Fiesta Sedan Flex e Novo Fiat Siena Flex. Preço sugerido do Clio 1.6 Hi-Flex avaliado: R$ 39.400,00.

Ficha Técnica

Motor K4M Hi-Flex, bicombustível (álcool e/ou gasolina), 4 cilindros em linha, 16 válvulas

Cilindrada 1.598 cm³

Taxa de compressão 9,7:1

Potência máxima 115 cv (álcool) / 110 cv (gasolina) a 5.750 rpm

Torque máximo 16,0 mkgf (álcool) / 15,2 mkgf (gasolina) a 3.750 rpm

Alimentação injeção eletrônica multiponto

seqüencial

Rodas aço estampado e liga leve

Pneus 175/65 R14 e 185/60 R14 185/55 R15

Suspensão dianteira McPherson, com triângulo inferior, amortecedores hidráulicos telescópicos com molas helicoidais e barra estabilizadora

Suspensão traseira rodas semi-independentes, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos telescópicos verticais com barra estabilizadora

Freios duplo circuito em "X", discos ventilados dianteiros, com 259 mm de diâmetro, e tambores traseiros, com 203 mm de diâmetro

Direção hidráulica, diâmetro giro 10,3 m

Coeficiente aerodinâmico Cx 0,35

Câmbio mecânico, 5 velocidade e marcha a ré

Tanque de combustível 50 litros

Porta-malas (dm3) min./máx. 255 / 596

Peso em ordem de marcha 1.005 kg

Aceleração 0 a 100 km/h 9,3 s (álcool) / 9,4 s (gasolina)

Velocidade máxima 194 km/h (álcool) / 192 km/h (gasolina)

Consumo cidade 11,5 km/l (gasolina) / 8,0 km/l (álcool)

Consumo estrada (vazio e com ar condicionado desl.) 16,5 km/l (gasolina) / 11,1 km/l (álcool)

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas