O técnico Óscar Tabárez celebrou a classificação da seleção uruguaia às semifinais da Copa das Confederações, após a goleada por 8 a 0 aplicada sobre o Taiti neste domingo, na Arena Pernambuco. Segundo o treinador, a equipe cumpriu seu “objetivo mínimo” com a vaga, mas agora tem a chance de ir ainda mais longe e brigar pelo título se vencer o Brasil na quarta-feira, às 16 horas, em Belo Horizonte.

“Este era o objetivo mínimo que havíamos programado, chegar até a parte final do torneio”, declarou após a goleada. “Agora teremos duas partidas, que são a oportunidade para defendermos a imagem do futebol do Uruguai”, completou.

Depois de chegarem às semifinais da última Copa do Mundo, em 2010, na África do Sul, e ficarem com o título na Copa América de 2011, na Argentina, os uruguaios caíram de produção e estão em situação complicada nas Eliminatórias. Por isso, para Tabárez, a Copa das Confederações é a grande chance de recuperar a autoestima do futebol local.

“Vamos enfrentar o Brasil, é a seleção que mais ganhou Copa, uma entidade do futebol, e por todas essas razões é um privilegio estar ao lado deles entre as quatro equipes que jogarão as semifinais. É uma questão de circunstância, o Brasil ganhou o outro grupo e ficamos em segundo no nosso. Vamos ver o que vai dar”, comentou o treinador.