enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Muito a comemorar

Toledo alcança marca histórica e garante calendário nacional cheio em 2020

Porco conquistou seu primeiro título em 15 anos de fundação e ano que vem disputará Copa do Brasil e Série D

  • Por Guilherme Moreira
Time do Toledo fez história ao conquistar a Taça Barcímio Sicupira. Foto: Albari Rosa

O título histórico na vitória sobre o Coritiba nos pênaltis, por 3×2. após empatar por 1×1 no tempo normal, dentro do Couto Pereira, no último domingo (24), pela final da Taça Barcímio Sicupira Júnior, deixa o Toledo com uma vaga na final do Campeonato Paranaense. E mais do que isso, garante vagas na Copa do Brasil e Série D de 2020.

+ Leia também: Toledo tem seu herói e faz a festa do interior no Paranaense

Com 15 anos de história, o Porco disputou apenas uma divisão nacional na sua história, a Série C, em 2008, e vivia uma gangorra entre a elite do Estado e a divisão de acesso. Em sua primeira decisão nesse período, a equipe seguiu seu modelo de jogo, marcou uma vez e segurou a igualdade até as penalidades. A taça coroou uma campanha invicta, com duas vitórias e seis empates, e que já coloca o time na finalíssima do Estadual, algo que nunca tinha ocorrido.

“É um título inédito, invicto, algo muito importante para a carreira e para o clube. É muito bom ser campeão, com jogadores humildes que vieram para dar sequência na carreira”, declarou Júlio Pacatto, o camisa 10 da equipe.

Com baixo orçamento, o Toledo teve o suporte do técnico Agenor Piccinin, que tem carreira apenas em equipes do Sul do Brasil. No Paraná, ele comandou Arapongas (2009), FC Cascavel (2017), Cascavel CR (2018) e agora retornou ao Porco depois de uma passagem há nove anos. O segredo para fazer história, de acordo com o treinador, foi fazer o elenco acreditar no impossível.

+ Mais na Tribuna: Coritiba tenta esquecer derrota e elenco fala em reação imediata

“Acho que tem que confiar nos jovens e eles oportunizaram. Sempre confiamos neles e foram coroados, que tenham um futuro brilhante. Tivemos fé e vontade de vencer. Não é fácil montar um grupo e, se não tiver uma liderança, não atinge o objetivo”, comentou o comandante de 63 anos.

Técnico do Porco, Agenor Piccinin tem sua grande parcela na conquista do time. Foto: Albari Rosa

Técnico do Porco, Agenor Piccinin tem sua grande parcela na conquista do time. Foto: Albari Rosa

Herói da final diante do Coxa, após já ter se destacado ao pegar duas penalidades contra o Operário, na semifinal, o goleiro André Luiz desempenhou muito bem durante os 90 minutos com, ao menos, três defensas importantes e teve papel fundamental nos pênaltis. Após Wilson e Iago Dias errarem, ele defendeu mais duas cobranças, de Juan Alano e Igor Jesus, abrindo caminho para a batida de Eduardinho, que decretou o título.

+ Luto: Morre o jornalista Roberto Avallone

“É um alívio, não consigo falar, estou muito emocionado. A minha família está toda aí, saíram lá de Toledo. Estou muito feliz por esse momento. A gente trabalhou com humildade, pés no chão e deu tudo certo‘, disse o arqueiro, ainda no gramado do Couto.

Após a conquista, o Toledo terá duas semanas até a estreia na Taça Dirceu Krüger, contra o Athletico, na Arena da Baixada, no dia 9 de março. Se conquistar o segundo turno, o Porco fatura o Paranaense de forma direta.

+ APP da Tribuna: As notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

6 Comentários em "Toledo alcança marca histórica e garante calendário nacional cheio em 2020"


Renato Andrade
Renato Andrade
5 meses 22 dias atrás

Parabéns Toledo. Torci muito por você no domingo. A tristeza foi a RPC que transmitiu o jogo não ter colocado o seu hino ao final das cobranças de penalti. Se fosse o Coritiba com certeza o hino seria colocado.

Aldemir
Aldemir
5 meses 23 dias atrás

Vamos passar o segundo turno fazendo churrasco e bebendo chopp colonia na espera do adversario para decidir o paranaense…. e não me venham aqui disser que coxa é fraco, realmente é fraco MAS PERGUNTO E OS DEMAIS QUE NEM CHEGARAM NA DECISÃO ???? mimimi de perdedor tipo petistas…

Mario Quisero
Mario Quisero
5 meses 23 dias atrás

ainda bem que não fui no jogo ontem até pensei em ir, se tivesse ido só passaria raiva de ver uns idiotas que nem sequer sabem bater pênaltis dos dois times, eu com 62 anos tendo jogado só futebol amador e nunca ter sido o batedor oficial dos times onde joguei bateria melhor ainda hoje que esses …

Mario Quisero
Mario Quisero
5 meses 23 dias atrás

boa Toledo ótima conquista; é um time chinfrin com um estádio chifrin e uma torcida chinfrin mas com certeza será mais um paranaense no cenário nacional , apesar de ser coxa, o coxa já tem títulos demais mesmo e o toledinho não tinha nenhum, sucesso toledo e tomara que siga o caminho do operário pg

Nero Psicofezico
Nero Psicofezico
5 meses 22 dias atrás

Tem titulos demais,em todos os cartorios de protestos, fora as acoes trabalhistas, cadeiras penhoradas, os salarios e os impostos atrasados!!!

Renato Andrade
Renato Andrade
5 meses 22 dias atrás

Com este comentário infeliz, você só pode ser cocha né?

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas