Equipes retiraram lixo das trilhas.

A primeira etapa do Circuito Paranaense de Corrida de Aventura 2003, disputada sábado na Ilha do Mel, foi um sucesso. Às 8h30 da manhã, na praia do Farol, 101 atletas, divididos em 29 equipes, largaram para 37,5 km de prova, contornando todo o perímetro da ilha.

Às 12h37, a primeira equipe cruzou a linha de chegada: os quatro integrantes da Corpo de Bombeiros Sul Resgate II. Como é formado apenas por integrantes masculinos, o time que levou a melhor foi o Mini Kalzone, de Florianópolis, que chegou ao final do percurso depois de 4h10 de etapas de natação, mountain bike, costeira e trekking. Como recolheram dois sacos de lixo, seu tempo oficial foi de 3h40.

O segundo lugar, entre os times mistos que competiram na etapa de abertura do circuito, ficou com os paranaenses da equipe Moicanos. Eles completaram a prova com 4h25, mas obtiveram um bônus de 45 minutos, por terem recolhido três sacos de lixo não-orgânico durante as etapas de mountain bike e trekking, quando o percurso da prova contornou a Reserva Ecológica Estadual da Ilha do Mel, e seu tempo oficial caiu para 3h40.

Os paulistas da Selva completaram a prova na terceira posição, com o tempo de 4h30 (45min de bonificação), obtendo o tempo de 3h45 na contagem final. Já os catarinenses da Moleques do Sul/Sul Brasilis levaram para casa o quarto lugar, completando a prova com 4h09 (também receberam bônus de 45min). Apesar de ter completado a prova na oitava posição, o time Cachorro Louco, de Curitiba, foi beneficiado pelo bônus ambiental. “Por terem recolhido três sacos de lixo, eles receberam a bonificação de 45min e encerraram a prova na terceira posição”, revelou Julio Camargo, da Extrema Aventura, organizadora do circuito.

A Mini Kalzone foi a equipe mais festejada, na cerimônia de entrega dos prêmios, realizada na noite de sábado, na pousada Plancton. O time levou para casa o Troféu Itambé, e um cheque de mil reais. Além dos catarinenses, também receberam prêmios em dinheiro o segundo, terceiro e quarto colocados. Depois da entrega de prêmios, aconteceu uma festa regada a muita MPB, no salão da Plancton.

“A prova foi um sucesso também pelo apoio que a organização recebeu da Prefeitura de Paranaguá e da Fundação de Esportes de Paranaguá”, resumiu Julio Camargo.

A primeira etapa do Circuito Paranaense de Corrida de Aventura teve patrocínio da Ford Slaviero e Companhia de Cimento Itambé. O apoio foi da Prefeitura e Fundação de Esportes de Paranaguá, Solaris Comunicação, Camargo Advocacia, Acampar, Campo Base, Ixion Geo, Hunger Bikes e Quiosque Natureza. Realização e organização da Extrema Aventura, Marketing Esportivo e Eventos de Ação.