O técnico do Cruzeiro, Dorival Júnior, está suspenso por 120 dias e nesse período não poderá ficar no banco de reservas nos jogos do time mineiro.

Ele foi punido nesta quarta-feira (29) pela 3ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça (STJD), no Rio, por invasão de campo no intervalo do jogo Cruzeiro 3 x 2 Botafogo, no Mineirão, no dia 29 de julho, pelo Brasileirão.

Dorival Júnior invadiu o campo para reclamar da atuação do árbitro Leonardo Gaciba. O técnico não pode fazer isso, mas alegou que havia recebido autorização do árbitro. Gaciba, no entanto, foi chamado para depor e negou a autorização.

O treinador disse que não irá comentar, apenas acatar a decisão da Justiça.