Na Fifa, o “Padrão Fifa” também falha. Nesta quarta-feira, o sistema de votação eletrônico estabelecido para o Congresso anual da entidade pifou e a entidade foi obrigada a pedir a cada um dos 209 delegados a levantar a mão em cada uma das votações. O problema aconteceu bem no dia em que a entidade realiza suas reuniões de trabalho com votações importantes sobre o futuro.

Diante da falha no sistema, a Fifa teve de rapidamente distribuir cartões vermelhos e verdes para cada uma das delegações. Jérôme Valcke, secretário-geral do organismo que controla o futebol mundial, terá agora de contar cada um dos votos manualmente.

Um dos pontos importantes do encontro foi a proposta de colocar um limite de idade para a eleição de cartolas da entidade. A sugestão da Europa é a de que, no momento da eleição, um dirigente tenha no máximo 72 anos. Joseph Blatter, com 78 anos, não aceita o projeto e, por isso, o debate promete ser intenso.

Com a falha no sistema eletrônico, a votação passa a ser aberta e os votos de cada delegação serão conhecidos. O problema inesperado no Congresso realizado em São Paulo ocorreu um dia antes do jogo de abertura da Copa, marcado para esta quinta-feira, quando Brasil e Croácia se enfrentarão no Itaquerão.