O São Paulo terá que depositar R$ 500 mil ao Vasco da Gama por irregularidades na contração do atacante Alex Dias. O Superior Tribunal de Justiça rejeitou o recurso com o qual o clube paulista pretendia rever a determinação do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

O problema todo começou ainda em 1995, quando os cariocas foram condenados a pagar uma multa de R$ 600 mil à fornecedora de material esportivo Cambuci S.A., pela rescisão de contrato. Em 2006, quando o São Paulo foi contratar o jogador, a empresa apresentou uma notificação revelando que o valor da multa estava aquém do definido.

Segundo o acordo entre os dois clubes, o Vasco receberia do São Paulo o valor de R$ 2 milhões por Alex Dias, sendo R$ 1,5 milhão pagos à vista e o restante dividido em cinco parcelas. Na mesma data em que o São Paulo fez o depósito, veio a efetivação da penhora sobre o valor integral, a qual o time agora, deverá quitar.