O técnico Eduardo Barroca, do Coritiba, confirmou que deve utilizar o zagueiro Rhodolfo e o atacante Sassá na partida contra o Operário na quarta-feira (29), às 20h, no Couto Pereira, pela quarta rodada do Paranaense. O treinador depende apenas da confirmação da questão física de ambos os jogadores. A partida contra o Fantasma, inclusive, será a última em que o Barroca utilizará o sistema de rodízio.

“Esses jogadores [Rhodolfo e Sassá] fizeram treinamento integral ontem [sábado]. Eu vou ver como está a recuperação e, caso eles tenham condições pela parte física, acredito que irão para o jogo contra o Operário”, declarou o treinador.

TABELA: Veja a classificação do Paranaense e os próximos jogos

De acordo planejamento do clube, a ideia de Eduardo Barroca era utilizar o Paranaense como teste e sistema de rodízio por quatro rodadas. O treinador confirmou que o duelo contra o Fantasma será o último teste para o grupo e que, a partir da quinta rodada, contra o Londrina, o time titular será definido.

Toda esta estratégia do Coxa é pensando mais especificamente no duelo da primeira fase da Copa do Brasil contra Manaus, no dia 12 de fevereiro. Além dos R$ 950 mil pela participação na primeira fase, o Coxa pode embolsar mais R$ 1,03 milhão se avançar.

Veja o gol da vitória do Coritiba sobre o Paraná

“No nosso planejamento, a gente usaria os jogos do Paranaense como forma de preparação até o jogo contra o Operário. Então, após este o jogo, entendo que temos tempo suficiente de preparação, para desenvolvimento individual físico e experiência de jogo para cada um deles. A partir do jogo contra o Londrina nossa ideia é usar os melhores e abrir a competição definitivamente”, confirmou o treinador.

+ Mais do Coxa

+ Técnico do Coritiba celebra volta por cima de Thiago Lopes e aguarda Jadson
+ Coritiba vence o clássico com o Paraná na Vila com gol de falta