O Campeonato Brasileiro retorna no dia 8 de agosto e com ele também está de volta o Cartola FC, o maior fantasy game do muindo que movimenta todas as torcidas durante a competição. Para ajudar você a escalar o melhor time para essa primeira rodada, selecionamos quatro nomes que não podem faltar na sua equipe. Confira!

Gabriel

Foto: Alexandre Vidal, Divulgação Flamengo

Para iniciar a competição, não tem como deixar o artilheiro dos dois últimos Brasileirões de fora. Na última temporada, além de fazer 25 gols, Gabigol deu oito assistências e foi o jogador que mais finalizou a gol entre todos na disputa. A boa fase do herói da última Libertadores para o Flamengo se manteve no iníico do ano, com 11 gols em 10 jogos. Ou seja, a chance de mitar logo na estreia com o Atlético-MG é grande. Custa 10 cartoletas, uma pechincha se tratando de quem é.  

Marinho

Foto: Ivan Storti, Divulgação Santos

Figura quase folclórica do futebol brasileiro, com várias sacadas como o “mini-míssel aleatório”, o atacante teve um ótimo desempenho em vários jogos no ano passado, com uma média de 11 pontos nas dez últimas rodadas em 2019.  Além disso, custa apenas cinco cartoletas e nestas primeiras rodadas é importante escalar jogadores baratos que possam se valorizar e aumentar o patrimônio do cartoleiro. Se for mantido na equipe titular, o que não ocorreu em alguns jogos nesse ano, é uma ótima pedida contra o Red Bull Bragantino.

Acesso grupo no Telegram com dicas!

Geromel

Foto:Lucas Uebel, Divulgação Grêmio

O zagueiro do Grêmio não é chamado de Geromito pelos cartoleiros por acaso.  Nas últimas quatro temporadas ele esteve na seleção dos melhores do ano, com um desempenho muito regular e mesmo não jogando todas as partidas, por opção do técnico Renato Gaúcho. Teoricamente o time do Rio Grande do Sul é o favorito contra o Fluminense na primeira rodada e a chance de Geromel se valorizar é enorme, já que ele custa apenas sete cartoletas.

Víctor Cuesta      

Foto: Ricardo Duarte, Divulgação Internacional

Melhor zagueiro do Cartola no ano passado, com uma média de 5,95 pontos, o jogador do Internacional teve em 31 jogos nada menos que 93 roubadas de bola, dez jogos sem sofrer gols e nenhum cartã vermelho. Apesar de custar 10 cartoletas, tem um jogo muito favorável na estreia, contra o Coritiba. A partida é fora de casa, mas com os jogos sem público, a tendência é que os visitantes tenham um desempenho melhor esse ano. Chance de mitar é grande!

Gostou das sugestões? Quer se aprofundar, com estatísticas, dicas exclusivas, liga particular e muito mais? Então não perca tempo e assine o Cartoleiros da Gazeta do Povo para começar a temporada já se diferenciando dos demais nessa disputa que promete!