O técnico do Paraná, Allan All, afirmou que o Tricolor precisa ter equilíbrio emocional para enfrentar o Bahia de Feira de Santana, na Quarta-feira de Cinzas (26), às 19h15, na Vila Capanema, pela segunda fase da Copa do Brasil. Segundo ele, não há mais favoritos dentro de campo e por isso o Paraná está preparado para a partida decisiva.  

“Não tem mais favoritismo dentro de campo. Fora de campo pode ter, mas em campo será um time muito difícil e estamos preparados para enfrentar qualquer tipo de dificuldade”, disse Allan Aal, em entrevista à Rádio Banda B.

O Paraná também conta com informações sobre o adversário para tentar avançar na competição. Aal revelou que o técnico Dado Cavalcanti – que já treinou o Paraná e o Coritiba e atualmente está na equipe sub-23 do Bahia – passou informações ao Tricolor da Vila sobre o Bahia de Feira de Santana.

O zagueiro Thales também destacou a importância da partida para o Tricolor e ressaltou que é preciso ter tranquilidade para vencer o time baiano, principalmente pelo fato de o elenco ser composto por muitos jogadores jovens. “A gente procura passar o máximo de tranquilidade para eles. Todos são jovens, mas já vivenciaram muita coisa”, afirmou Thales à Banda B.

Para avançar para a terceira fase da Copa do Brasil, o Paraná precisa vencer o time baiano. Em caso de empate, a decisão será na disputa de pênaltis. Se classificar, o Tricolor enfrenta o Botafogo na próxima fase.


+ Mais do Tricolor

+ Paraná tem ajuda de ex-técnico em busca da classificação na Copa do Brasil
+ Paraná tem o pior ataque do Paranaense e setor preocupa pra Copa do Brasil
+ Conheça o investidor russo por trás da parceria com o Paraná
+ Cristian Toledo: O que interessa pro Paraná é a Copa do Brasil