Nem Karillu, nem Embratex. O Paraná Clube, a partir do próximo mês, terá sua marca própria de material esportivo para os próximos anos. A informação foi confirmada pelo presidente Leonardo Oliveira em entrevista coletiva concedida na noite deste sábado (18), após o empate em 0x0 do Tricolor diante do Guarani, na Vila Capanema, pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

+ O jogo: Veja como o Tricolor ficou no zero com o Bugre

O contrato com a Topper, atual fornecedora de material esportivo, se encerra durante a Copa América, no mês que vem. Assim, o mandatário do Paraná aproveitou para agradecer o período em que a empresa vestiu o time paranista e anunciou que os novos uniformes já serão utilizados depois da parada. “Venho para agradecer e finalizar a parceria com a Topper, o contrato encerra durante a parada para a Copa América. O clube oficializa que desenvolveremos uma marca própria e faremos um lançamento e a divulgação durante a parada. A utilização do material iniciará no retorno”, afirmou Oliveira.

+ Justiça: Nadson processa o Tricolor

O Paraná Clube vai fazer algo parecido com que o Coritiba fez recentemente. O rival lançou a marca 1909 para ter materiais com custos mais baixos e mais acessíveis ao seu torcedor e também que trouxesse uma lucratividade maior. Leonardo Oliveira, sem revelar muitos detalhes, explicou um pouco como vai funcionar a funcionalidade das lojas do clube.

“A questão material e loja sempre foi um problema no Paraná. Neste momento conseguimos uma parceria, onde o fornecedor vai participar com a gente no desenvolvimento da loja. O principal foco é que todas as peças existam na loja para o nosso torcedor adquirir. E, com isso, a gente pode trazer um resultado financeiro melhor para o clube. Acreditamos muito neste projeto e estamos empolgados com o que ele vai nos trazer”, emendou.

+ Outro jogo: Londrina vence o Bragantino e é o líder da Segundona

O projeto está em fase final de desenvolvimento. O Paraná não divulgou ainda nem o nome da sua nova linha de material esportivo e o lançamento deve acontecer em breve. Oliveira, no entanto, destacou que as novas vestimentas do Tricolor terão um preço mais acessível ao torcedor paranista. “Com material próprio, nós teremos tranquilidade melhor para trabalhar. A questão de custo para o torcedor é outro ponto. Os materiais fornecidos têm preços elevados, mas o material próprio será entregue com preço acessível”, finalizou o dirigente.

+ Confira a tabela e a classificação da Série B!

Nas últimas semanas, o Paraná Clube negociou com duas empresas. A Karillu e a Embratex estavam na pauta da diretoria paranista. No caso da segunda, o acordo esteve bem próximo, os modelos dos uniformes, inclusive, foram desenhados, mas alguns detalhes impediram a negociação. Assim, a diretoria tricolor resolveu criar a marca própria de material esportivo do clube.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!