Para sair da zona de rebaixamento e respirar um pouco mais aliviado depois de um início ruim no Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube terá, de cara, duas decisões pela frente depois da parada para a Copa do Mundo. Além do Vitória, primeiro time fora da ZR, no dia 18 de julho, em Salvador, o time paranista, na sequência, recebe o América-MG, na Vila Capanema, que é outro time que está próximo das últimas posições do Brasileirão.

O zagueiro Rayan espera que o Paraná use de exemplo a vitória conquistada sobre o Bahia, recentemente, na Vila Capanema, para conseguir bons resultados diante de Vitória e América-MG. Será, para o camisa 4, jogos decisivos para o time paranista construir uma nova história no Brasileirão.

“É importante, pois, querendo ou não, ainda estamos perto dos times de cima e não podemos deixar distanciar. Assim como foi no jogo contra o Bahia, contra o Vitória tem que ser a mesma coisa. Vamos jogar fora de casa, é uma situação que temos que jogar com inteligência, pois precisamos somar pontos. Será uma partida crucial para subirmos na tabela”, avisou Rayan.

Essa paralisação para a Copa do Mundo, segundo o defensor paranista, está fazendo bem para o Paraná Clube. É o momento de repensar e rever conceitos para o Paraná conseguir se recuperar no Brasileirão e escapar do rebaixamento.

Confira a tabela e a classificação do Campeonato Brasileiro!

“É um tempo para de trabalho para rever alguns conceitos, do que a gente estava fazendo antes de parada. O Micale deve também colocar mais alguns conceitos para começar bem essa segunda parte do Brasileiro”, concluiu Rayan.