Jogar fora da Vila Capanema tem sido o grande problema do Paraná Clube na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Enquanto ainda busca a forma ideal de jogar como visitante para somar pontos importantes, o Tricolor terá que apostar no seu grande aproveitamento como mandante para seguir na luta pelo acesso à primeiro divisão. O duelo deste sábado, diante do ABC, será apenas o primeiro dos dez que o time paranista fará no Durival Britto neste segundo turno.

Atualmente, o Paraná Clube tem o melhor aproveitamento como mandante nesta Série B. Em nove jogos realizados dentro da Vila Capanema, o Tricolor conseguiu seis vitórias, dois empates e uma derrota, totalizando 74% de rendimento. Tem também o ataque mais positivo em partidas realizadas dentro de casa, com 17 gols marcados e somente quatro sofridos.

O bom retrospecto reflete também na classificação. Dos 27 pontos conquistados no primeiro turno da Série B, nada menos do que 20 foram somados dentro da Vila Capanema. Isso torna o Paraná Clube também um dos piores visitantes da competição. Foram apenas sete pontos conquistados em dez partidas longe da torcida, tendo o terceiro pior rendimento como vistante, com apenas 23% dos pontos disputados longe de Curitiba.

Este equilíbrio nos jogos como mandante e visitante é o que o técnico Lisca vai buscar neste segundo turno. Para manter o Paraná na luta pelo acesso, o treinador foca no duelo contra contra o ABC-RN, na Vila Capanema.

“Nós temos que manter e melhorar dentro de casa e evoluir muito fora de casa, para chegar lá no bolo de cima. Poderíamos ter ficado em quinto se ganhasse a partida. Tivemos uma boa recuperação neste final de primeiro turno. Não dá para ficar fazendo terra arrasada, temos que colher bem o que fizemos nestas cinco partidas e aperfeiçoar para começar bem o segundo turno em casa e refazer a situação para pontuar fora e assim chegar no grupo de cima”, apontou ele.

Dos outros nove jogos que o Paraná fará dentro de casa no segundo turno, seis são contra times que ou estão lutando pelo acesso ou estão próximos do Tricolor na classificação. Juventude, Londrina, Internacional e Vila Nova estão brigando diretamente por uma vaga no G4. Oeste e Boa Esporte estão, como o time paranista, tentando se aproximar da parte de cima da tabela. O time do técnico Lisca vai enfrentar ainda em casa Náutico, Criciúma e Luverdense, que figuram na parte debaixo da classificação.

Confira a tabela completa da Série B!

Apesar dessa disparidade nas campanhas como mandante e visitante, o Paraná, sob o comando do técnico Lisca, de fato melhorou. O zagueiro Brock destacou o crescimento do time e garantiu que o Tricolor está no caminho certo para buscar o acesso.

“Já dá para notar a diferença de postura da equipe, que tentou, foi aguerrida. Tivemos uma boa crescente nesse final de primeiro turno. É continuar com esse trabalho que as coisas vão melhorar. Temos 19 jogos pela frente e estamos no caminho certo”, arrematou o camisa 4 paranista.