O Paraná Clube encara o Atlético-GO, nesta sexta-feira (15), às 21h30, no estádio Antônio Accioly, em uma verdadeira final da Série B do Campeonato Brasileiro. Os dois times são concorrentes diretos por uma vaga na elite do ano que vem e este confronto pode significar muito nesta reta final da competição.

O duelo terá transmissão no Sportv e no Tempo Real da Tribuna do Paraná!

Com 54 pontos, o Tricolor tem três a menos que o Dragão, que é quem fecha o G4. Porém, os dois estão empatados em número de vitórias. Ou seja, se vencer fora de casa, o time paranista passa o adversário e se o América-MG não ganhar do Vitória pula para a zona de classificação restando apenas mais dois jogos pela frente. Por outro lado, se perder, praticamente da adeus ao sonho do acesso. Por isso, o triunfo é fundamental para amos os lados.

“A palavra ‘final’, em uma competição a longo prazo, nunca valeu tanto quanto a esse jogo. É um concorrente direto e, nesse momento, precisamos ultrapassar equipes para conquistar o acesso. Eles têm todo mérito de estar onde estão, tiveram uma bela vitória (4×0 no Oeste) e estão com uma motivação a mais”, afirmou o técnico Matheus Costa.

No primeiro turno, os times ficaram no 0x0 na Vila Capanema, resultado que pode ser ruim para os dois, que correm o risco de encerrar a 36ª rodada fora do G4. Para evitar qualquer risco, o Paraná deve reforçar sua marcação, com a manutenção de Éder Sciola e a entrada de Luiz Otávio no meio-campo. O desfalque fica por conta do goleiro Thiago Rodrigues, que cumpre suspensão.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Estratégia de Matheus Costa para não dar espaços para o adversário e que vem dado certo. O Tricolor é o sétimo melhor visitante da segunda divisão, com sete vitórias, três empates e sete derrotas, totalizando 47% de aproveitamento. Números que motivam e incentivam o time a ir pra cima para vencer esta primeira de três finais que ainda restam na Série B.

Ficha técnica

SÉRIE B
2º Turno – 36ª Rodada

Atlético-GO
Kozlinski; Jonathan, Oliveira, Gilvan e Moraes; André Castro, Moacir e Jorginho; Aylon, Pedro Raul e Mike.
Técnico: Eduardo Barroca

Paraná
Alisson; Éder Sciola, Leandro Almeida, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Fernando Neto, João Pedro (Jhemerson) e Matheus Anjos; Bruno Rodrigues e Jenison.
Técnico: Matheus Costa

Local: Antônio Accioly (Goiânia-GO)
Horário: 21h30
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)