São Paulo – Alexandre Gallo, técnico do Santos, deu uma força ao colega palmeirense, Paulo Bonamigo, ameaçado de perder o emprego em caso de novo tropeço, ontem. Poupou Robinho, Ricardinho, Léo, entre outros, e facilitou bastante a vida do Palmeiras, que venceu o clássico por 2 a 1 e aliviou um pouco a crise no Parque Antártica. O triunfo contra o rival Santos diminui a tensão na equipe e põe fim ao jejum de seis jogos sem vitória.

Ficha Técnica

Palmeiras: Marcos; Leonardo Silva, Daniel e Nen; Bruno, Alceu, Juninho Paulista, Marcinho (Marcinho Guerreiro) e Lúcio; Ricardinho (Warley) e Gioino (Washington). Técnico: Paulo Bonamigo. Santos: Mauro; Halisson, Altair, Nadson (Douglas) e Bóvio (Danilo); Tcheco, Elton, Luciano Henrique (Edmilson) e Flávio; Basílio e Fabiano. Técnico: Alexandre Gal-lo. Gols: Gioino aos 8? do 1.º tempo; Daniel a 1? e Basílio (pênalti) aos 44? do 2.º. Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP). Cartão vermelho: Daniel. Renda: R$ 149.358,00. Público: 11.209 pagantes. Local: Parque Antártica.