Reginaldo Nascimento fez
o primeiro gol do Coritiba.

Classificação confirmada com sofrimento. O Coritiba teve muito trabalho, mas conseguiu empatar com o Londrina por 2 a 2 ontem, no Couto Pereira e garantiu a vaga para a final do Paranaense. Agora, o alviverde espera o adversário na decisão, que sai hoje, na partida entre Paranavaí e Prudentópolis.

O Coxa começou o jogo com a vantagem do empate para conseguir a vaga para as finais da competição. Para o Londrina, a única solução era ir em busca da vitória. Mas o início da partida não mostrava essa situação.

O alviverde foi pra cima do adversário, querendo garantir a vaga. O Coxa teve a primeira oportunidade com Lima. O meia roubou a bola no campo de ataque, mas na hora da finalização, se atrapalhou. O Tubarão não criava chances no ataque.

Aproveitando o momento, o Coritiba insistiu e conseguiu o que queria. Na cobrança de falta de Tcheco, Reginaldo Nascimento subiu mais que os zagueiros e cabeceou para abrir o placar aos 10?. Depois do gol, o Coxa recuou, prendendo a bola.

Aos poucos, o Tubarão começou a entrar na partida. Aos 20? a primeira chance dos londrinenses. Jamur cobrou falta, o goleiro Fernando não segurou, e Ceará mandou pra fora, tirando o perigo. Com a possibilidade de gol surgindo, o Londrina cresceu no jogo e, a pressão se voltou para o lado alviverde. Depois de uma confusão na pequena área, a bola sobrou para Valdeir. O meia chutou para gol, mas Juninho salvou o Coxa.

O Tubarão desperdiçou a última chance de gol da primeira etapa. Paraguaio roubou a bola e tocou para Valdeir. O meia avançou, tirou de Fernando na entrada da área, mas o chute foi para fora.

Em desvantagem no jogo, o Londrina começou o segundo tempo disposto a empatar. Logo no começo, a primeira chance. Marcelo Silva recebeu de Paraguaio de frente para o gol, mas Fernando salvou mais uma para o Coritiba.

E, se Fernando fazia a sua parte na defesa, o ataque alviverde praticamente garantia a vaga no ataque. Aos 3?, Tcheco cobrou falta e Marcel subiu sozinho para ampliar o placar. Perdendo por dois gols, o Tubarão agora teria que marcar três gols. E, saindo para o ataque, a retaguarda londrinense ficava arriscada. Mesmo assim, o time do interior não tinha outra opção. Fernando salvou a equipe em dois lances.

Mas na terceira jogada, não teve como segurar o ataque do Tubarão. Paraguaio recebeu lançamento de Dário avançou na área e descontou.

O Londrina ainda tinha tempo para buscar o resultado, mas o Coxa apertou a marcação. Dominando a bola, o alviverde tocava a bola para confirmar a classificação. Mas o sofrimento ainda não tinha acabado. Marcelo Silva arrancou o empate com um chute de fora da área. O atacante londrinense marcou o segundo aos 46?, dando números finais ao placar e a partida.

Campeonato Paranaense

CORITIBA 2×2 LONDRINA

Coritiba – Fernando; Ceará (Almir), Fabrício, Juninho e Ricardo; Reginaldo Nascimento, Roberto Brum, Tcheco (Pepo) e Lima (Gelson); Edu Sales e Marcel. Técnico: Paulo Bonamigo

Londrina – Marcelo; Jamur, Marcão (Zaltron), Dé e Fabinho (Fábio Zen); Rocha, Dário, Márcio Alan (Marcos Cruz) e Valdeir; Marcelo Silva e Paraguaio. Técnico: Roberto Fernandes

Súmula

Local: Couto Pereira

Árbitro: Evandro Rogério Roman

Assistentes: Altemar Roberto Domingues e Vágner Vincentin

Cartões vermelhos: Edu Sales (Cor), Jamur (Lon)

Cartões amarelos: Fabrício e Reginaldo Nascimento (Cor); Dário e Rocha (Lon).

Gols: Reginaldo Nascimento (aos 10? do 1º) e Marcel (aos 3? do 2º); Paraguaio (aos 28? do 2º) e Marcelo Silva (aos 46? do 2º).