O Náutico perdeu a chance de confirmar, neste sábado, o seu acesso para voltar à elite do futebol brasileiro. Mesmo com um jogador a mais desde os 28 minutos do primeiro tempo – Artur foi expulso -, o time pernambucano ficou no empate, por 0 a 0, diante do São Caetano, nesta tarde, no Anacleto Campanella, pela 36.ª rodada da Série B.

O Náutico foi aos 63 pontos, permanecendo na segunda colocação, mas ainda não está matematicamente na elite – precisa de um empate nos dois últimos jogos. O São Caetano tem 45 pontos e segue ameaçado pelo rebaixamento.

O primeiro tempo teve o equilíbrio como o ponto forte, apesar de o Náutico ficar em vantagem numérica em campo. Aos 28 minutos, o lateral Artur recebeu cartão amarelo após cometer falta forte, mas reclamou e foi expulso pelo árbitro paranaense Evandro Rogério Roman. Após isso, o Náutico mandou uma bola na trave com Diego Bispo. Já o São Caetano ainda teve duas bolas na trave, com os zagueiros Domingos e Preto Costa.

No segundo tempo, os times continuaram em busca do gol. O São Caetano teve a primeira grande chance aos 5 minutos. Diego Bispo tentou afastar de cabeça, mas quase marcou gol contra. O goleiro Gideão fez uma bela defesa, no puro reflexo. A resposta do Náutico veio aos 12 minutos. Kieza bateu colocado da entrada da área e o goleiro Luiz fez uma defesa sensacional no canto esquerdo. Depois das oportunidades, os times não conseguiram mais chegar com tantas chances no campo de ataque.

Pela 37.ª rodada, os jogos serão todos realizados todos no próximo sábado, às 17 horas. O São Caetano encara o Vitória, no Estádio Barradão, em Salvador. Após isso, o time paulista ainda terá na última rodada o Criciúma, em São Caetano do Sul. Já o Náutico volta a campo diante do Boa, no Estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG). Depois, o time pernambucano fecha sua participação diante da Ponte Preta, em Recife.

FICHA TÉCNICA:

São Caetano 0 x 0 Náutico

São Caetano – Luiz; Artur, Preto Costa, Domingos e Bruno Recife; Augusto Recife, Revson, Ricardo Conceição e Ailton (Ricardo Xavier); Antônio Flávio (Wendell) e Geovane (Kléber). Técnico – Márcio Araújo.

Náutico – Gideão; Peter, Diego Bispo, Marlon e Aírton; Elicarlos (Lennon), Everton, Derley e Eduardo Ramos (Élton); Rogério e Kieza. Técnico – Waldemar Lemos.

Árbitro – Evandro Rogério Roman (PR).

Cartões amarelos – Domingos, Everton, Preto Costa, Elicarlos, Ricardo Conceição.

Cartões vermelhos – Artur.

Renda – R$ 7.525,00.

Público – 1.065 pagantes.

Local – Estádio Anacleto Campanella , em São Caetano do Sul (SP).