Guto Negrão venceu a sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car V8 na tarde deste domingo no Autódromo Internacional de Curitiba. Esta foi a primeira vitória de Guto na mais disputada categoria do automobilismo brasileiro. Com o resultado, Guto subiu da sexta para a terceira posição na classificação geral com 69 pontos. O líder Ingo, que acabou em décimo lugar, tem 99 pontos e o vice-líder David Muffato, oitavo na corrida, está com 83 pontos.

Antonio Jorge Neto, companheiro de Guto na Equipe Medley-A.Mattheis, terminou em segundo lugar e Cacá Bueno ficou em terceiro. Guto, que largou na pole, perdeu a posição para Neto logo na primeira curva. Neto não só se manteve na frente como também abriu boa vantagem para Guto, que puxava o pelotão composto por Giuliano Losacco, Xandy Negrão e Cacá Bueno. O grupo se distanciou dos demais pilotos e as posições só se alteraram nas paradas para reabastecimento.

Com o abandono de Losacco na 11.ª e de Xandy logo depois, Cacá assumiu a terceira colocação e passou a brigar com Guto pelo segundo lugar, pois Antonio Jorge Neto recuperou a primeira posição quando os outros pilotos tiveram de fazer a parada obrigatória para reabastecimento.

Quando os 24 mil torcedores aguardavam a primeira vitória de Neto na Stock Car V8, a principal categoria do automobilismo brasileiro teve seu dia de Fórmula-1. A poucos metros da linha de chegada, Neto abriu e permitiu a ultrapassagem de Guto.

“Tudo o que aconteceu foi combinado antecipadamente. Acertamos no início do ano que quem estivesse mais bem posicionado na tabela de classificação e com maiores chances de chegar ao título, receberia esse tipo de ajuda do outro. Portanto, o que o o Neto fez por mim, eu faria por ele, a quem considero como irmão. A atitude também mostrou a união da nossa equipe”, disse Guto.

Neto confirmou as declarações do companheiro de equipe e disse que em nenhum momento foi obrigado a ceder a posição para Guto.

“Realmente, tínhamos combinado isso e tenho certeza que se fosse diferente, o Guto também abriria para eu passar. Como estou com menos pontos do que ele, a preferência foi dele. O importante é contribuir com a equipe”, explicou Neto.

Apesar de pela terceira vez vez ter chegado na terceira posição nesta temporada, foi a primeira que Cacá Bueno subiu no pódio. Na abertura da Stock Car, no mesmo autódromo de Curitiba, ele terminou em quarto lugar mas foi beneficiado com a desclassificação de Alceu Feldmann e em Interlagos, na primeira corrida no autódromo paulista, acabou melhorando de posição depois da punição imposta a Carlos Alves.

“Finalmente pude subir no pódio. Estava cansado de receber o troféu em casa, como das outras vezes. Agora, larguei em nono e terminar em terceiro numa categoria equilibrada como a Stock Car é muito bom. Ficou provado que meu carro está bom para a corrida, mas falta ajustá-lo melhor para a classificação.”

A Stock Car Brasil tem organização da Vicar Promoções e supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo. Os patrocínios são de Chevrolet e Pirelli.