A brasileira Franciela Krasucki se classificou neste sábado para as semifinais da prova dos 60 metros no Mundial Indoor de Atletismo, que está sendo realizada na Ergo Arena, em Sopot, na Polônia. Ela disputou a sexta e última série das eliminatórias e ficou na terceira colocação, com o tempo de 7s25.

Franciela ficou atrás da Murielle Ahouré, que venceu a bateria com 7s09, e da britânica Sophie Papps, a segunda colocada ao marcar 7s22. “Estou muito feliz por representar a mulher brasileira neste dia tão especial”, comemorou Franciela, em entrevista ao SporTV, lembrando a comemoração do Dia Internacional da Mulher em 8 de março. “A prova foi muito forte e isso é bom porque tem de dar o máximo.”

O tempo de Franciela foi o 15ª melhor entre as classificadas para as semifinais dos 60 metros. O melhor deles foi exatamente o de Murielle Ahouré, que ganhou a bateria da brasileira.

Ela foi seguida pela jamaicana Shelly-Ann Fraser-Price, que venceu a segunda série com a marca de 7s12. A velocista, aliás, está de volta às competições após ser declarada inocente pela Corte Arbitral de Esporte em um caso de doping.

Classificada, Franciela participa das semifinais dos 60 metros neste domingo, a partir das 11h15. A final da prova também está marcada para o domingo, a partir das 14h05. A brasileira acredita que tem chances de classificação para a final, mas reconhece que precisa melhorar o seu desempenho, e só aponta Murielle Ahouré e Shelly-Ann Fraser-Price como imbatíveis.

“Tem de acelerar do começo ao fim e hoje eu flutuei um pouco na chegada”, lembrou a atleta brasileira. “Acho que dá para brigar por uma vaga na final. Tirando duas atletas, uma delas é a Murielle, a prova está aberta”, completou Franciela, recordista sul-americana dos 60 metros com o tempo de 7s19.