Quase três semanas depois de o ex-goleiro Roberto Rojas sofrer um derrame pulmonar e ser internado em São Paulo, o Hospital Albert Einstein divulgou novo boletim médico nesta quinta-feira revelando que Rojas passou por uma cirurgia no tórax para correção de uma “patologia pulmonar”.

De acordo com o hospital, Rojas tinha um quadro de infecção urinária e dor torácica e, após a cirurgia, encontra-se internado em quarto comum, com boa evolução pós-operatória. O ex-goleiro chileno está estável e lúcido, mas ainda sem previsão de alta hospitalar.

Rojas defendeu o São Paulo entre 1987 e 1989. Depois, trabalhou como preparador de goleiros do time tricolor. Em 2003, chegou a ser treinador do time, classificando a equipe à Copa Libertadores.

Antes de se tornar técnico, Rojas teve sua carreira marcada pelo famoso episódio do sinalizador, na década de 80. Em jogo válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 1990, ele simulou ter sido atingido por um sinalizador em campo, quando era titular do Chile em partida contra o Brasil, no Maracanã.