Atento à chegada de esposas e namoradas dos jogadores ingleses no Japão e preocupado com a partida decisiva nas quartas-de-final contra o Brasil, o técnico da Inglaterra, Sven Goran Eriksson, proibiu seus jogadores de manter encontros ou relações sexuais com as respectivas antes do jogo da sexta-feira, em Shizuoka, publicou nesta segunda-feira a imprensa britânica.

O treinador sueco exigiu ainda que os familiares dos atletas se alojem fora da área de concentração da equipe e pediu total reclusão de seus jogadores visando o duelo contra os brasileiros.

O capitão inglês, David Beckham, não terá problemas em seguir a exigência de Eriksson, já que sua esposa, a ex-Spice Girl Victoria Adams, espera em Londres o nascimento de seu segundo filho com o jogador. Mas não deixou de se preocupar com o astro do time, e intrigada com o corte ?desalinhado? de seu cabelo, enviou o cabeleireiro particular de Beckham, Aidan Phelan, para corrigir o estilo moicano exibido pelo atleta.