enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Pistola

Daniel Alves critica clubismo e pede conexão entre público e seleção

Capitão quer mais empolgação da torcida pra empurrar Brasil na Copa América

  • Por Agência Estado, Estadão Conteúdo
Dani Alves pede apoio da torcida na Copa América. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O capitão e lateral-direito da seleção brasileira Daniel Alves voltou a comentar neste domingo (16) sobre a relação entre a torcida e a equipe. Depois de na sexta-feira criticar o silêncio do público e a falta de apoio no Morumbi durante a vitória por 3×0 sobre a Bolívia, pela Copa América, o jogador disse em Salvador que o comportamento de quem acompanha os jogos precisa esquecer o vínculo das paixões por clubes e passar a ser mais patriótico.

+ Leia mais: Veja quem é o artilheiro do Trio de Ferro até agora

O jogador mais experiente da seleção, de 36 anos, pediu para o público ser mais torcedor do Brasil e menos ligado aos seus respectivos clubes quando se está no meio de uma competição importante, como a Copa América. “O futebol no Brasil é religião e as pessoas são doutrinadas a seguir seus clubes, não sua seleção. Então, se tem um jogador do seu time, elas apoiam. Se não tiver, é o contrário. Elas levam esse sentimento”, afirmou. “Mesmo se você não gosta de certo jogador, é a hora de união, que haja uma conexão”, acrescentou.

+ Também na Tribuna: Empresário quer Lodi defenda a seleção Itália no futuro

Na abertura da Copa América, além das vaias no intervalo, o jogo teve um ambiente mais morno. O estádio mais silencioso e de ambiente menos vibrante levou nomes como o próprio Daniel Alves, além do zagueiro Thiago Silva, a pedirem mais apoio. O Brasil venceu por 3×0, com gols no segundo tempo, marcados por Everton e Philippe Coutinho (duas vezes).

Para Daniel Alves, o público poderia ter mais conscientização sobre a importância da seleção brasileira. “As pessoas têm que entender que estamos representando nosso país, nossa nação. Não estamos aqui perdendo tempo, para ficarmos mais bonitos vestindo a camisa. Estamos aqui por uma nação. O Brasil já viveu a experiência de que quando se tem conexão entre time e torcida, os resultados são favoráveis”, afirmou.

+ Veja ainda: CBF divulga atualização da tabela do Brasileiro

O lateral ainda comentou sobre o preço dos ingressos desta Copa América. Para a partida de abertura, no Morumbi, o preço médio das entradas foi de quase R$ 500, valor considerado alto pelo lateral. “Sou do povo, sempre vou prezar pelo povo, que esteja no estádio. Mas foge das nossas mãos, porque não controlamos os preços dos ingressos”, afirmou.

Daniel Alves disse, ainda, torcer para um ambiente diferente da seleção brasileira no próximo jogo.Na terça-feira, a equipe recebem em Salvador a Venezuela, na Fonte Nova. O lateral foi revelado pelo Bahia, é baiano de Juazeiro e convocou a presença popular para tanto ajudar a equipe a ganhar, como para deixar de lado o ambiente frio registrado durante a partida de abertura, no Morumbi.

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

22 Comentários em "Daniel Alves critica clubismo e pede conexão entre público e seleção"


cleverson ramos
cleverson ramos
1 mês 4 dias atrás

pra que levar rodrigordão se bola eles já tem de sobra kkkk kkkk kkkk

Lutador Antifascista
Lutador Antifascista
1 mês 4 dias atrás

Eu não ligo para seleção brasileira, estou muito mais preocupado com meu ATLÉTICO PARANAENSE, então Daniel Alves que vá tomar no olho do cúuuu. O Daniel deveria estar preocupado com os preços altíssimos e vergonhosos cobrados nos jogos da seleção, mas para ele que é milionário, se fo-dam brasileiros

Ricardo Soares
Ricardo Soares
1 mês 4 dias atrás

“Preços altissimos e vergonhosos cobrados…”. Kkkk. Nao ha’ mais necessidade de piadas pra’ semana que apenas inicia… Como e’ mesmo que voces fazem ? huashuashas, sei la’. Vai de kkkkkkkk, mesmo. De chorar…de rir…cade aquela carinha especifica ???

General
General
1 mês 4 dias atrás

Pelo menos tivessem convocado o Rodrigão e o Alan Costa….sem estes 2 a seleção não empolga….

Acir Souza
Acir Souza
1 mês 4 dias atrás

Perfeito seu comentário….. só deixaria o Rodrigão fora….. levava Kady, Vitor Carvalho, Geovani….aí sim o circo estaria perfeito

celso izepao
celso izepao
1 mês 4 dias atrás

O Daniel Alves está 100% equivocado. A outrora seleção canarinho empolgava, jogava, dava espetáculo. Hoje é um balcão de negócios junto com a GLOBOLIXO. Pergunto: quem paga os salarios/tributos nestes 30 dias que os clubes ficam parados para ver uma “ultrapassada” copa América? continua….

celso izepao
celso izepao
1 mês 4 dias atrás

Continuando… O produto futebol gera milhares de postos de trabalho no Brasil e não tem qualquer respeito pela CBF e mídia que só enxergam RIO e SP. òbvio que tem + torcida, tem que receber maior fatia do bolo porém hoje, os demais clubes vivem pagando o que comeram ontem. Até quando?

Mirtão Lopes
Mirtão Lopes
1 mês 4 dias atrás

Este aí é um banana e pipoqueiro do 7 X 1 e já deveria ter sido banido da seleção faz tempo.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas