Este não é um texto de opinião. É um apelo. Falo com os dirigentes e com os responsáveis pelo marketing de Athletico, Coritiba e Paraná Clube. E também com publicitários que torcem para os nossos times. Os clubes devem se unir para promover uma campanha de conscientização sobre o novo coronavírus. Uma união de verdade, em nome de um bem maior, a saúde de todos.

+ A seleção do futebol paranaense na temporada

Já foi muito nobre a conduta dos clubes ao oferecerem seus estádios e centros de treinamento para o possível acolhimento de pessoas necessitadas e montagem de hospitais de campanha. O futebol, como um dos elementos que explica a sociedade brasileira, tem a obrigação de ser exemplo neste momento. Furacão, Coxa e Tricolor têm um papel super importante – falam com milhões de pessoas nas suas redes sociais e na imprensa profissional, influenciam seus torcedores e tratam com a paixão de cada um.

+ Podcast De Letra fala sobre Mário Celso Petraglia

Por isso, meu apelo. Pensem no tamanho do recado se tivermos uma campanha em que Nikão, Wilson e Renan Bressan, por exemplo, estivessem na mesma tela (cada um em sua casa, claro) e pedissem aos torcedores de Athletico, Coritiba e Paraná que seguissem as orientações das autoridades competentes, que lembrassem do distanciamento social e da etiqueta respiratória, que reforçassem a necessidade do amparo dos que estão em grupos de risco. Todas as divergências superadas por algo muito mais importante. A defesa da vida.

+ Sessão Quarentena: jogos dos nossos times na íntegra

Há pessoas competentes e criativas no marketing do nossos clubes. É só ver as iniciativas individuais das últimas semanas. Mas juntos podemos mais. Furacão, Coxa e Tricolor podem se unir nessa. Eu aplaudiria de pé.

Como prevenir a contaminação por coronavírus

  • Lavar as mãos com frequência/ ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações;
  • Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis, e depois lavar as mãos).

+ Confira todos os posts do blog AQUI!