José Aldo, Alvarado, Geuvânio, Edu. Antes, Daniel Ribeiro, Walter, Felipe Aguilar. O Athletico se movimentou no mercado da bola nas últimas semanas, inclusive mais do que a maioria dos clubes brasileiros que disputam a Copa Libertadores. É um fato relevante, ainda mais que o Furacão vinha se notabilizando por negociar jogadores, e não contratar. Mas Dorival Júnior ainda não recebeu aquele ‘galo marvado‘.

+ Carlinhos Neves trabalhou no Athletico; confira no podcast De Letra!

Lembram dessa piada? O tema é horrível, admito. Mas então: o cara chegou, perguntou qual era o ‘galo bom’, o matuto apontou pra um deles, o cidadão fez a aposta, o galo saiu todo arrebentado, o cara cobrou o matuto e ele disse “aquele é o galo bom, o marvado é o outro“.

Um clube com as ambições do Athletico precisa ter ‘galo marvado’. Aquele jogador que chega, é titular, assume a bronca, decide partidas quando o time mais precisa. O cara em quem a torcida confia mesmo nos piores momentos. Marco Ruben foi assim em jogos fundamentais do ano passado – a vitória sobre o Boca Juniors, a classificação sobre o Fortaleza na Copa do Brasil e principalmente no jogo contra o Grêmio, na semifinal do torneio.

E as contratações do Athletico?

Não é o caso de discutir a política de contratações do Athletico. Desde Adriano, Kléber, Cocito, Lucas e Gustavo, lá no final dos anos 1990, a estratégia rubro-negra é de buscar o que se chamava de jogador “semi-pronto”, com extremo potencial, chance de retorno técnico e possibilidade de negociação. Um plano que teve em Antônio Carletto Sobrinho a sua peça mais importante.

Há a expectativa dentro do Athletico que Walter deixe de ser problema e volte a ser solução. Foto: Divulgação/CAP

Jogadores como Alvarado, Geuvânio e até mesmo Walter são apostas calculadas. O colombiano tem a chance de comprovar sua qualidade, Geuvânio vem com o aval de Dorival Júnior e Walter tem o apoio – e até mesmo a torcida – da diretoria para voltar. Mas será preciso tempo para esses três, e também para os outros que chegam, mostrar que foram boas tacadas do Athletico no mercado da bola.

Já que os dirigentes do Furacão trabalham na busca de um jogador com mais rodagem, que seja agora trazido o ‘galo marvado’.

Leia também

+ Uma homenagem a Otacílio Gonçalves
+ Nove perguntas sobre o futuro do esporte
+ A confusão na volta do futebol paranaense
+ 10 jogos históricos dos nossos times no Maracanã


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?


+ Confira todos os posts do blog AQUI!