O Coritiba corre o risco de perder um dos seus principais jogadores nesta reta final de Série B.

O volante Léo Gago, expulso na derrota para o São Caetano, foi denunciado e será julgado pela Terceira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, na quarta-feira, a partir das 18h.

O árbitro colocou na súmula da partida que o volante do Verdão ofendeu a arbitragem chamando-os de “safados” e “que tem que apitar naquele Mato Grosso de m…, com os índios”.

Com isso, Léo Gago foi enquadrado no artigo 58, inciso II (desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e como pena poderá pegar gancho de duas a seis partidas. Caso pegue pena máxima, o volante não jogará mais nesta temporada.