Herói do Coritiba no empate em 2×2 com o Vila Nova, no último sábado (19), o meia Giovanni foi um dos que mais comemoraram o resultado no Serra Dourada. O jogador, que entrou no intervalo do jogo, marcou o gol decisivo já aos 47 do segundo tempo, em cobrança de falta, e a jogada pode ser um divisor de águas para o atleta no clube.

O camisa 10 foi contratado no começo do ano, mas ainda não se firmou no Coxa. Entre altos e baixos, ficou próximo de deixar o Coxa, em agosto, mas a negociação não evoluiu e ele seguiu no Alto da Glória, só que foi perdendo espaço. Nesta Série B, foram 22 jogos disputados, sendo 15 como titular. Com o técnico Jorginho entrou em campo apenas em três das seis oportunidades. Desta vez, ganhou a chance e aproveitou.

“Há tanto tempo venho sonhando com isso. A bola vem batendo na trave, o goleiro vai buscar, não vinha dando certo e hoje fico feliz por ter acertado este lindo chute. Eu não pensei em nada, apenas em acertar o gol. Tinha muita gente na frente do goleiro e fico feliz pelo empate e também pela vitória sobre o São Bento (na rodada passada). Agradeço o apoio do torcedor, que me ajudou naquela situação (de quase ir embora). Sempre fui focado, um cara determinado, um profissional que vai pra cima sempre. Fico feliz e peço para o torcedor casa cheia contra o Operário”, afirmou Giovanni.

“Estou muito feliz por ter entrado, aproveitado a oportunidade. Saímos como se fosse uma vitória. Com a vitória sobre o São Bento, de seis pontos foram quatro somados e para nós que queremos subir é muito importante. o Serra Dourada é minha casa”, completou ele, que teve uma boa passagem em 2018 pelo Goiás, clube para qual quase voltou.

O treinador também rasgou elogios ao meia, não tanto pelo gol importante, mas pelo seu desempenho em campo, se entregando ao máximo, exercendo outras funções que não está acostumado e até assumindo a liderança diante dos companheiros.

Giovanni cobra falta que garantiu o empate para o Coritiba. Foto: Divulgação/Coritiba
Giovanni cobra falta que garantiu o empate para o Coritiba. Foto: Divulgação/Coritiba

“Estamos sempre contando com o Giovanni, se trata de um jogador de muita personalidade, ele demonstrou isso. Chamou a responsabilidade para ele, jogou de meia, terceiro volante, segundo volante, colocamos uma equipe totalmente ofensiva e o Giovanni mostrou a importância que tem para o grupo, fazendo um gol extremamente importante”, disse o comandante coxa-branca.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Até aqui, em 2019, Giovanni disputou 34 partidas pelo Coritiba e marcou três gols, sendo este o primeiro na Série B. A última vez que ele havia balançado as redes tinha sido na vitória por 2×0 sobre o Cascavel, no dia 17 de março, pelo Campeonato Paranaense.

Leia mais:

+ Vitor Carvalho pede desculpas à torcida por erro contra o Vila Nova
+ Justiça penhora ações de empresa do Coritiba por conta de dívida