enkontra.com
Fechar busca

Coritiba

Coritiba

Coritiba

Corda no pescoço

Em meio à crise, Coritiba enfrenta Guarani em jogo decisivo pra técnico

Uma derrota contra o Bugre pode significar o fim da linha para Umberto Louzer no Coxa

  • Por Juliana Fontes
Umberto Louzer está na corda bamba. Foto: Jonathan Campos.

O Coritiba chega para o confronto com o Guarani, nesta terça-feira (11), às 21h30, no Brinco de Ouro, em meio a um clima de muita tensão. Vindo de derrota no clássico diante do Paraná Clube e sem ter mostrado regularidade na Série B, o time tem sete baixas no elenco titular e vai precisar lutar para não piorar sua situação na tabela. Com nove pontos, o Coxa é apenas o 11º colocado e um resultado negativo pode, inclusive, derrubar o técnico Umberto Louzer do cargo.

No último sábado (8), o Alviverde foi derrotado por 3×2, de virada, pelo rival e o revés refletiu nos ares do Alto da Glória. O placar escancarou as fraquezas do time, que ainda que no início da competição fosse visto como forte candidato ao acesso, ainda não se fixou na ponta. O único momento em que o Verdão esteve no G4 foi na primeira rodada, após a vitória por 2×0 em cima da Ponte Preta, o que garantiu um terceiro lugar provisório.

+ Leia mais: Dupla é afastada do elenco do Coritiba 

Uma possível vitória no Paratiba mudaria o panorama do time, que poderia até figurar entre os quatro primeiros, dependendo de outros resultados, mas o placar negativo despencou a equipe na classificação. Além de deixar pontos importantes escaparem, o jogo fez o Coritiba perder atletas para o compromisso com o Guarani. Este confronto, aliás, será o último antes da parada do calendário brasileiro para a realização da Copa América.

Reflexos físicos e psicológicos desmembraram o Coxa após o jogo com o Tricolor. João Vitor, Diogo Matheus, Giovanni, Rafinha, Patrick Brey, Alan Costa, Welinton Júnior e Arancibia não entrarão em campo. Além deles, o zagueiro Romércio segue de fora.

+ Confira também: Welinton Júnior mais uma vez perde chance clara e torcida faz cobrança

Já o zagueiro Alan Costa e os atacantes Welinton Junior e Arancibia foram afastados do grupo pelo desempenho ruim. Os últimos dois entraram ao longo do duelo com o Paraná, enquanto o primeiro estava entre os 11 iniciais. Os três não seguiram viagem com a delegação para Campinas. Desses, a ausência que mais surpreende é a do defensor, que vinha sendo titular absoluto desde o início da temporada.

Remendado, o Coxa precisará de muita superação diante do Bugre. O goleiro Wilson, no embarque da equipe para Campinas, disse que entende como natural a tensão que o time vem sentindo. “Essa pressão faz parte. Quem joga em time grande passa por isso. Estamos vindo de uma derrota em um clássico e sabemos o que isso representa, mas temos que dar sequência e trabalhar nesse último jogo antes da parada para a Copa América. Vamos buscar a vitória lá”, explicou o arqueiro.

+ Confira a classificação completa da Série B

Um objetivo inicial do Verdão era terminar o primeiro semestre do calendário no topo da Segundona, o que não aconteceu. Ainda assim, Wilson acredita que é possível encerrar em uma situação mais confortável.

+ Mais na Tribuna: Coxa terá quase um time de desfalques contra o Guarani

“Não vamos conseguir nosso objetivo inicial, que era estar no G4 durante a parada, mas precisamos vencer para estar o mais perto possível e aí sim durante o tempo que teremos vamos colocar a casa em ordem”, garantiu Wilson.

O meia-atacante Juan Alano falou sobre o desafio que será entrar em campo com uma equipe tão modificada. “Um espaço curto de tempo entre um jogo e outro. Quem jogou tentou se recuperar o mais rápido possível. Tivemos muitas mudanças e tentamos no treino nos entrosar da melhor forma”, comentou o atleta, que não quer ficar se lamentando. “Temos que virar a página, não dá para ficar remoendo, então vamos para Campinas para buscar a vitória”, arrematou.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B
1° Turno – 8ª Rodada
Guarani × Coritiba

Guarani
Giovanni; Lenon, Ferreira, Brunno Lima e Armero; Deivid; Mateusinho (Diego Cardoso), Ricardinho, Igor Henrique (Arthur Rezende) e Éder Luis (Felipe Amorim); Davó.
Técnico: Vinícius Eutrópio

Coritiba
Wilson; Sávio, Rafael Lima, Walisson Maia e William Matheus; Vitor Carvalho, Matheus Sales e Luiz Henrique; Juan Alano, Thiago Lopes (Igor Jesus ou Lucas Tocantins) e Rodrigão.
Técnico: Umberto Louzer

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa (Campinas-SP)
Horário: 21h30
Árbitro: Leo Simão Holanda (CE)
Assistentes: Jailson Albano da Silva (CE) e Renan Aguiar da Costa (CE)

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

30 Comentários em "Em meio à crise, Coritiba enfrenta Guarani em jogo decisivo pra técnico"


Marcolino
Marcolino
1 mês 10 dias atrás

Ta explicado o cara era presidente da torcida e agora é presidente do coco ritiba, essa torcida é tudo burra, não sabe o que é torcer pra um time que é campeão continental…

Botelho Pinto da Rocha
Botelho Pinto da Rocha
1 mês 10 dias atrás

Sim, muito coxa falando em serie C …. serie A jah virou um sonho distante ….

R.I.P.

vanderlei ribeiro
vanderlei ribeiro
1 mês 10 dias atrás

com essa perebaiada ai nem o guardiola ganha nada

Pedro Malaquias
Pedro Malaquias
1 mês 10 dias atrás

Quer dizer que se ganhar ainda corre o risco de ficar? É ja era 2019….

Martelo Rubronegro
Martelo Rubronegro
1 mês 10 dias atrás

E agora José? O dinheiro acabou e os pontos não vieram!!!! Vcs só estão sobrevivendo graças a esmola de um atleticano. Quanta humilhação. Não tá dando nem graça. É chutar cachorro morto.

1 2 3 6
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas