enkontra.com
Fechar busca

Coritiba

Coritiba

Coritiba

Braço direito!

Ex-presidente do Coritiba se une à atual gestão em prol do clube

Vilson Ribeiro de Andrade vai auxiliar a diretoria do Coritiba a buscar receitas para o clube

  • Por Luiz Ferraz
Vilson Ribeiro de Andrade vai deixar o comando da Paraná Fomento. Foto: Felipe Rosa

Talvez ainda não da forma que grande parte da torcida gostaria, o ex-presidente Vilson Ribeiro de Andrade vai contribuir com a diretoria do Coritiba durante a temporada de 2019. Sem ter um cargo definido, o ex-dirigente vai ajudar o clube a conseguir novas receitas em um ano que as finanças serão mais escassas por conta da permanência do Verdão na Série B do Campeonato Brasileiro. A ajuda de Andrade será, portanto, fundamental para o Coxa aumentar seu potencial financeiro para conseguir o acesso à primeira divisão e retomar seu posto dentre os principais clubes do Brasil.

+ Leia mais: Coxa negocia trio e dá uma aliviada na folha de pagamento

Ele tem a simpatia de grande parte da torcida do Coritiba. Muitos, inclusive, pelas redes sociais, pediram o retorno dele ao clube, mas atualmente, o ex-dirigente não tem tempo para assumir um cargo dentro da gestão coxa-branca. Para ele, essa contribuição que dará neste ano é uma obrigação que todo ex-presidente alviverde teria que fazer em prol do clube.

“É minha obrigação como ex-presidente e todos deveriam fazer. Estou pensando em fazer uma janta com grandes empresários coxas-brancas. É nessa linha, é uma ajuda institucional, sem nenhum vínculo com diretoria, com clube. Não tenho lado político”, afirmou Andrade, em entrevista à Tribuna do Paraná.

+ Também na Tribuna: Coxa confirma permanência do goleiro Wilson

Andrade comandou o Coritiba de 2009 a 2014. Teve erros, mas muitos acertos, especialmente dentro de campo. O ex-presidente acredita que a experiência já vivida pode ajudar muito a atual diretoria a achar o rumo certo para tentar levar o clube de novo para a elite do futebol brasileiro.

“A experiência do ex-presidente é muito importante, de ter uma orientação, mas claro que a diretoria vai fazer o que acha que tem que fazer. A gente pode aconselhar, mas eles podem tomar outra decisão. Não é uma imposição, apenas isso”, frisou Andrade.

Durante o ano de 2018, ele chegou a criticar algumas decisões do atual presidente Samir Namur. No entanto, diz que, agora, o momento é de união de todos em prol do Coritiba. Não à toa, o ex-dirigente foi determinante no arquivamento do pedido de destituição do cargo do atual presidente do Verdão em uma reunião do conselho deliberativo do clube.

+ Veja ainda: Meia que interessava Coxa e Paraná fica no Atlético

O retorno de Andrade foi encarado de modo positivo pela atual gestão. “A receptividade foi muito boa. Eles ficaram muito felizes, pois um ex-presidente é sempre importante pela visão, pela experiência que já tivemos lá, pelas dificuldades. Você consegue dialogar com eles que são jovens no sentido de agregar valor na gestão”, comentou o ex-presidente, que vê o retorno do Coritiba à primeira divisão como fundamental para a sequência do clube.

“O clube tem que se unir e tem que voltar de qualquer forma a participar das grandes competições. O potencial e grandeza do Coritiba não permite o marasmo que está hoje. A Copa do Brasil, veja os valores que pagam por fase, é muito importante. Com isso você tem condições de subir. É fundamental que o clube suba. Aí você motiva o torcedor, traz o sócio de volta, gera investimento, exposição de marca. O clube tem que reagir, não pode ser um mero participante de campeonato. O Coritiba não é pequeno, é um clube de médio para grande e tem que ter ambições”, enfatizou Andrade.

Sem cargo

Vilson Ribeiro de Andrade deve deixar a presidência da Fomento Paraná em breve por conta da mudança de governo. O ex-presidente do Coritiba fez questão de esclarecer que não tem disponibilidade atualmente para assumir qualquer cargo na diretoria alviverde. Nos últimos dias, circulou a informação de que ele seria o CEO do clube.

+ Vai e vem: Confira TODAS as notícias sobre o mercado da bola!

“É uma confusão enorme que estão fazendo. Estou ajudando o presidente no planejamento e na estruturação de receitas. Não vou ter nenhuma função, não vou ao clube, apenas me ofereci no momento de dificuldade. Nem posso assumir qualquer cargo, nem tempo para isso”, finalizou.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

23 Comentários em "Ex-presidente do Coritiba se une à atual gestão em prol do clube"


luis carlos
luis carlos
2 meses 15 dias atrás

Pede ajuda pro gionedis que ele tira o coxa do buraco KKKKKKKKKKKKKKK

Nero Psicofezico
Nero Psicofezico
2 meses 19 dias atrás

Quer ajudar o coxa sair do buraco? Pede uns conselhos pro Petraglia!

MAIOR DO ESTADO
MAIOR DO ESTADO
2 meses 21 dias atrás

opa!!!!! maquete a vista!!!!

adestrador de poodles
adestrador de poodles
2 meses 22 dias atrás

O mais importante é não ter o estádio com risco de ser leiloado como a pocilga do coroné será.

Martelo Rubronegro
Martelo Rubronegro
2 meses 22 dias atrás

Uh uh ah ah a Fomento é nossa. Kkkkkkk

adestrador de poodles
adestrador de poodles
2 meses 22 dias atrás

Olhas os poodles se manifestando. Não pode falar da pocilga pulguenta que eles ficam latindo. Bom o certo é que assumem sua condição de poodles do coroné!!!

adestrador de poodles
adestrador de poodles
2 meses 22 dias atrás

A pocilga vai a leilão. Quem viver verá!!

Martelo Rubronegro
Martelo Rubronegro
2 meses 22 dias atrás

1) virsao não pode assumir cargo nos coxas, pois teve suas contas REPROVADAS. 2) tenho certeza que “saneará” as finanças do clube kkkk. 3) agora aparecerá o Investidor Estrangeiro. 4) aguardam que a coleção de maquetes será reiniciada. OTÁ RIOS.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas