Desde que chegou ao Coritiba, o técnico Marcelo Oliveira vem vendo a defesa sofrer. Nos quatro jogos sob seu comando, o Coxa sofreu quatro gols e só não foi vazada uma vez, na vitória por 2×0 sobre a Chapecoense, no Couto Pereira. Números que colocam o Alviverde com apenas a 12ª melhor defesa do Brasileirão, ao lado do Sport, com 26 gols sofridos.

Um desempenho que não vem sendo bom há algum tempo, muito também por conta das poucas opções para o setor. Atualmente, o elenco do Coritiba conta sete zagueiros: Márcio, Luizão, Werley, Walisson Maia, Thalisson Kelven, Romércio e Geovane. Porém, Walisson Maia, Werley e Thalisson Kelven estavam entregues ao departamento médico, enquanto Romércio e Geovane ainda são garotos que foram pouco aproveitandos na temporada.

Até por isso, Márcio e Luizão formaram nas últimas duas rodadas a dupla de zaga titular, que passa a ter mais candidatos para as próximas partidas.

Walisson Maia já ficou no banco na derrota por 1×0 para o Atlético-GO, no último sábado (12), mas por estar sem ritmo de jogo não entrou, enquanto Werley está em transição do DM para os treinamentos e também pode ser relacionado para a partida contra o Santos, domingo (20), às 19h, no Couto Pereira.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

“Creio que o Walisson, que evitei de colocar (contra o Atlético-GO), deve estar em condição. Talvez o Werley, que já está fazendo algumas corridas. Vamos trabalhar para trazer novos jogadores que estão chegando para encorpar mais o time. Que a gente possa ser forte e fazer um segundo turno melhor do que o primeiro”, destacou Marcelo Oliveira.