Garantido na próxima fase do Campeonato Paranaense, o Coritiba briga agora para se manter na liderança da competição diante de Toledo, PSTC e Athletico. Com a vaga assegurada, o Coxa pode voltar a fazer testes em seu elenco, com o técnico Eduardo Barroca tendo a missão de encontrar a melhor formação para a sequência do Estadual.

“Sabemos da nossa classificação antecipada, mas sempre precisamos evoluir. O Barroca tem a oportunidade de testar outro sistema, utilizar outros jogadores. Quanto mais fizermos bons jogos, mais confiança temos para o mata-mata”, disse o goleiro Alex Muralha, em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira.

TABELA: Veja a classificação do Paranaense e os próximos jogos

Após as derrotas para Manaus-AM e Cascavel CR, o Verdão se reabilitou na última semana ao superar o Cianorte, no Couto Pereira. O clima que era “pesado” no Alto da Glória acabou sendo aliviado com o resultado.

“Ficamos felizes que o nosso torcedor nos apoiou mesmo depois das derrotas. Nós achávamos que o clima seria diferente, mas ficamos satisfeitos com o que vimos dentro do Couto”, comemorou Muralha.

Titular da meta alviverde, o goleiro voltou a ressaltar a concorrência que tem com Wilson e César. “Em todos os clubes onde eu passei, sempre houve grandes concorrências no gol. É bom ter outros goleiros bons, pois faz com que você evolua. Independente de quem jogar, todos vão dar o melhor pelo Coritiba”, finalizou.

O Coritiba volta a campo no próximo sábado, diante do Toledo, às 20h, no Estádio 14 de Dezembro. Contra o Porco, Barroca não conta com Rafinha, suspenso. O atacante Sassá e o zagueiro Rhodolfo são dúvidas. Por outro lado, o meio-campo Luizinho e o atacante Wanderley já estão à disposição do treinador.

+ Mais do Coxa:

+ Público no Paranaense: Coritiba tem média superior a quatro mil pagantes
+ Coritiba está próximo de contratar lateral do Botafogo
+ Coritiba precisará mostrar contra o Toledo que não é dependente de Rafinha