Desconfigurado na vitória conquistada sobre o Guarani por 1×0, na última terça-feira (11), no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, o Coritiba vai usar os próximos 30 dias sem jogos para recuperar alguns jogadores que estão no departamento médico. Assim, a tendência é de que o técnico Umberto Louzer tenha o time completo e mais competitivo para a retomada da Série B do Campeonato Brasileiro, dia 13 de julho, diante do Criciúma, em Santa Catarina.

+ Futuro: Coritiba vai avaliar o elenco durante a parada

Com exceção do volante João Vitor, que não atuou em Campinas por estar suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o Coritiba colecionou outras quatro baixas no duelo diante do Guarani. Os laterais Diogo Matheus e Patrick Brey, o meia Giovanni e o meia-atacante Rafinha foram vetados pelo departamento médico por conta de dores musculares, mas o clube não confirmou a gravidade da lesão desses jogadores.

+ Sobrando: Coxa tem a melhor média de público da Série B

A tendência, no entanto, é de que todos estejam à disposição para a volta da Segundona, dia 13, diante do Criciúma, fora de casa. Além deles, considerados titulares da equipe comandada pelo técnico Umberto Louzer, outros atletas que já estavam no departamento médico também podem ficar novamente à disposição.

+ Zaga: Lesões, afastamentos e mudanças desfiguram a defesa do Coritiba

O meia Thiago Lopes, titular no início da Série B, já ficou no banco diante do Guarani depois de se recuperar de uma lesão muscular na coxa. Assim, nesse período, o jogador pode aprimorar a parte física e voltar em condições ideais de ajudar o Coritiba na sequência da segunda divisão.

+ Confira a tabela e a classificação da Série B!

Outros jogadores também podem ficar à disposição novamente neste período. O lateral-direito Felipe Mattioni, que sofreu ainda no segundo turno do Campeonato Paranaense uma lesão ligamentar em um dos dedos pé, terá um tempo a mais para se recuperar. Já o atacante Wanderley, que teve uma lesão muscular na semifinal do segundo turno do Estadual ao comemorar o gol da vitória diante do Londrina, já iniciou a fase de transição e pode também voltar em breve. Se não são os reforços ideais que o Coritiba precisa para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro, pelo menos dará mais alternativas ao técnico Umberto Louzer.