Não foi um primor de apresentação, mas o Coritiba, na vitória por 1×0 sobre o Brasil de Pelotas, na noite desta segunda-feira (27), no Estádio Bento Freitas, voltou a ter o tão cobrado ‘espírito de Série B’ e que faltou em outros jogos. O goleiro Wilson, que mais uma vez foi decisivo com grandes defesas, ressaltou a luta, a briga e a entrega do time coxa-branca para conquistar sua segunda vitória fora de casa na disputa desta segunda divisão.

“A gente sabe o que representaria uma derrota aqui. A gente conseguiu uma vitória importante e que é difícil de jogar, é complicado. Foi um jogo muito brigado, com muita luta, que foi uma coisa que a gente sempre cobrou muitas vezes do nosso time. Teve muita luta, entrega. Esse é o diferencial que o nosso time tem que ter para voltar a brigar lá em cima. Que seja uma volta por cima e consiga dar uma sequência importante”, apontou Wilson.

Para o técnico Tcheco, o Alviverde demonstrou, diante do Brasil de Pelotas um espírito de time vencedor. Para ele, essa vitória no interior do Rio Grande do Sul pode ser o divisor de águas para que o Coritiba passe olhar somente para a parte de cima da classificação e volte e a lutar pelo G4.

“Tivemos espírito de time vencedor e temos que levar isso para as próximas rodadas. Um jogo totalmente decisivo em todos os aspectos. Os outros eram também, mas esse era crucial. Foi um jogo que eu espero realmente que seja um divisor de águas para o lado positivo. Fizemos um pacto de pensar jogo a jogo. Se quisermos buscar alguma coisa, esse espírito que a gente veio temos que levar para os próximos jogos”, explicou o treinador.

Wilson revelou que no domingo (26), na concentração do elenco em Pelotas, houve uma conversa franca entre jogadores e comissão técnica. Para ele, essa cobrança interna já fez a diferença para que o Coxa conseguisse mudar sua postura e saísse de campo com a vitória diante do Brasil.

“A gente fez muitas cobranças entre a gente internamente. Tivemos uma conversa franca entre nós e felizmente surtiu efeito. A gente precisa manter essa sequência, ter uma sequência de resultados. Vamos voltar para casa agora e finalmente vamos ter uma semana para trabalhar. A gente precisa dessa sequência para voltar a brigar perto do G4, que tem gente já dá como perdido. Mas eu enquanto eu estiver aqui vou lutar até final com todos eles”, contou o goleiro.

Confira a classificação completa da Série B

O volante Simião, titular diante do Brasil de Pelotas e destaque pela regularidade enquanto esteve em campo, ressaltou a união do time coxa-branca para conseguir espantar a crise e voltar a brigar na parte de cima da classificação.

“O Tcheco passou que esse seria um jogo de imposição física, já que o time deles é forte fisicamente. A gente se impôs, fizemos um grande jogo, fomos competitivos e essa parceria vem de fora e começa a fluir em campo. O grupo está unido e tenho certeza que, levando essa união de fora para dentro, vamos conseguir coisas boas dentro da competição”, finalizou.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!