Internacional, Bahia, Flamengo, Corinthians e Bragantino. Esses são os cinco primeiros adversários do Coritiba no Brasileirão. Destes, apenas a equipe de Bragança Paulista não disputa ou disputou uma competição internacional na temporada de 2020.

Um início de competição que pode trazer dificuldades para o Verdão, como prevê o técnico Eduardo Barroca. “O Coritiba tem um início muito duro de Série A. É um início muito forte”, disse o treinador, em entrevista à Rádio Banda B na tarde desta terça-feira (26).

+ Cristian Toledo: Os bastidores da volta do futebol paranaense

“A gente pode ganhar, empatar ou perder de diversas formas, mas vou lutar para que a gente consiga os melhores resultados e o torcedor se identifique com a forma que estamos conseguindo”, completou o comandante coxa-branca.

O Coritiba retomou os treinamentos presenciais no CT da Graciosa na última segunda-feira. Barroca ainda não esteve com o elenco. O treinador falou também sobre a possibilidade de fazer cinco substituições na volta do futebol brasileiro.

“Tem uma expectativa de ter um tempo adequado de preparação até para resguardar a saúde e integridade física dos atletas. A Fifa já determinou o aumento no número de substituições, o que nos dá a oportunidade de flexibilizar a minutagem em campo”, comemorou o técnico.

+ Mais do Coxa:

+ Necessidade financeira faz jogadores optarem pelo retorno do futebol
+ Como funcionará protocolo pra volta dos treinos dos times paranaenses


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?