Quatro clubes do interior do Paraná assinaram um manifesto pedindo uma “mesada” à Confederação Brasileira de Futebol neste período de pandemia do coronavírus. Na última quarta-feira (1), FC Cascavel, Rio Branco, Toledo e Foz do Iguaçu, ao lado de outros 122 clubes, solicitaram a ajuda da entidade no valor de R$ 75 mil nos próximos três meses.

A missão é sobreviver à paralisação que tem afetado bastante a parte financeira dos clubes. Até o momento, não há uma definição sobre o futuro do Campeonato Paranaense. Logo após a pausa na competição, a diretoria do Rio Branco demitiu toda a comissão técnica e afirmou que não pagará salários aos jogadores.

+ Confira a tabela do Campeonato Paranaense!

FC Cascavel e Rio Branco estão classificados para a segunda fase do Estadual e aguardam o retorno da disputa. Até aqui, não houve resposta da entidade suprema do futebol brasileiro.

Confira parte da nota dos clubes:

Apelamos aporte financeiro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no valor de R$ 75 mil mensais, pelo período de no mínimo três meses, para atender a situação de emergência alimentar pela qual passam nossos atletas, CTs, funcionários e seus familiares, como também fazer face às despesas atinentes aos contratos em vigência; evitando que não venhamos declarar falência e encerrar as atividades em consequência de causas trabalhistas, já que inviabilizou o pagamento dos atletas e funcionários“.

Mais do futebol:

+ Blog do Cristian: Um plano para arrumar o calendário do futebol brasileiro
+ Árbitros recebem adiantamento de R$ 900 mil da CBF durante pandemia
+ Globo suspende pagamento de 40% das cotas do Brasileirão