Luizinho, com 14 anos
e mostrando muito talento.

Tendo como trunfo o trabalho de desenvolvimento desde a primeira prova do ano, disputada em março no circuito de Interlagos, os pilotos do campeonato brasileiro de motovelocidade entram na pista hoje, no Autódromo Internacional de Cascavel, para os treinos livres oficiais que dão início à programação para a segunda etapa da temporada 2005. As provas de amanhã deverão reunir um público superior a dez mil pessoas, segundo estimativa da organização do evento.

Algumas das equipes participantes das categorias 125cc, 250cc, 500cc e Supersport estão em Cascavel desde quarta-feira, adiantando o trabalho de acerto das máquinas. Mas o trabalho pode ter sido em vão, caso se confirme a previsão dos serviços de meteorologia de chuva durante todo o dia. As corridas de domingo devem acontecer com pista seca, ainda segundo os institutos de meteorologia.

Cada uma das quatro categorias do brasileiro terá dois treinos livres na manhã de hoje. As tomadas de tempo classificatórias serão abertas às 14h, para a categoria 125cc, às 14h40, para a 250cc, às 15h20, para a 500cc, e às 16h, para a Supersport. As provas de domingo têm suas largadas agendadas para as 12h, 13h15, 14h30 e 15h45, respectivamente. Pela manhã, todas as categorias terão treinos livres para aquecimento.

Esta será a segunda das oito etapas da competição e grandes nomes da motovelocidade estarão presentes. A liderança na categoria principal é de Luiz Carlos Pinto, o Luizinho, de apenas 14 anos, que também promete acelerar forte em Cascavel.

As meninas serão uma atração à parte na competição. Ana Lima, a "japonezinha voadora", a primeira mulher a vencer duas etapas da competição nacional, quer seguir escrevendo história na categoria 125cc. Raphaela Del Bosco e Ana Cristina Bezerra também querem fazer bonito na segunda etapa do brasileiro.