Em um jogo dinâmico, o Brasil empatou em 2×2 com a Colômbia em amistoso realizado no Hard Rock Stadium, em Miami. O jogo marcou o retorno de Neymar à seleção, que chegou a receber vaias da torcida, mas cobrou o escanteio que resultou no primeiro gol e deixou o dele, que decretou o empate na terra do Tio Sam.

+ Leia mais: Saiba quanto o Furacão pode levar se vencer a Copa do Brail

A Colômbia começou querendo jogo, mas foi o Brasil que chegou com mais efetividade. Aos 18, Neymar cruzou na área e Casemiro subiu mais que Tesillo e cabeceou pro fundo da rede de Ospina. Porém, não demorou pra vir a resposta. Em jogada na área, Alex Sandro atingiu Muriel no peito, sem piedade, e o árbitro marcou pênalti. O próprio Muriel foi pra cobrança e decretou o empate em Miami. E por pouco ele não virou, mas a arbitragem assinalou impedimento no que seria o tento da virada.

+ Veja ainda: Busca por ingressos pra final da Copa do Brasil é intensa

Insistente, Muriel conseguiu colocar a Colômbia em vantagem. Depois de um contra-ataque rápido, na base dos três contra trÊs, Zapata esperou o atacante invadir a área e cruzou na medida pro companheiro decretar 2×1 em Miami, para loucura da torcida colombiana presente no estádio.

Atrás no placar e com direito a vaias da torcida pra Neymar, a seleção brasileira seguia insistindo. Na roubada de bola, Richarlison ficou sozinho com Ospina, mas o goleiro fez milagre e conseguiu interceptar a bola, antes que ela encontrasse o fundo da rede de um gol aberto. Aos 42, Neymar recebeu na área, mas Firmino fez as vezes de zagueiro e desviou a bola da trajetória pro gol.

Etapa final

Ao que parece, no entanto, a conversa de vestiário surtiu efeito e o Brasil voltou melhor na etapa complementar. Nos primeiros minutos, só deu a seleção de Tite. E não demorou pra rede balançar de novo. Em jogada rápida pela direita, Daniel Alves deu um presente pra Neymar, que empatou o jogo. Na comemoração, o jogador fez questão de abraçar um emocionado treinador.

+ Também na Tribuna: Paraná confirma contratação de Judivan

Aos 28, Neymar teve mais uma chance de marcar, mas foi derrubado na área e foi parar nas placas de publicidade. Apesar de flagrante, a arbitragem não apontou a penalidade e um alvoroço se formou. Inconformado, o atacante, na falta do VAR, apontou pro telão, mas o árbitro mandou seguir o baile. Mesmo na base da insistência, no entanto, o Brasil não conseguiu sacramentar a vitória e o jogo terminou empatado em 2×2.

Ficha técnica

AMISTOSO

BRASIL 2X2 COLÔMBIA

BRASIL
Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Arthur, Casemiro e Philipe Coutinho (Bruno Henrique); Richarlison (Neres), Neymar e Roberto Firmino (Lucas Paquetá).
Técnico: Tite

COLÔMBIA
David Ospina; Stefan Medina, Davinson Sánchez, Yerry Mina, William Tesillo; Wilmar Barrios, Matheus Uribe (Lerma), Juan Guillermo Cuadrado; Luis Muriel, Duvan Zapata y Luis Díaz.
Técnico: Carlos Queiroz

Local: Hard Rock Stadium
Árbitro: Ismail Elfath (EUA)
Assistentes: Corey Parker e Adam Wienckowski (EUA)
Gols: Casemiro, 20, Muriel, 25 e 34 do 1º tempo; Neymar, 14 do 2º.
Cartões amarelos: Casemiro (BRA)