Os jogadores do Botafogo esperavam com ansiedade o jogo contra o Corinthians, que inicialmente estava marcado para domingo mas foi adiado para quarta. Os alvinegros julgam que o confronto é a oportunidade ideal de tirar uma medida de até onde pode ir o time neste Brasileiro, em um enfrentamento com uma equipe que vai brigar pela taça e lidera a tabela atualmente com folga.

Em virtude da participação da seleção brasileira na Copa América, o jogo foi remarcado para a quarta. Os botafoguenses terão com isso mais alguns dias para lidar com a expectativa, mas em compensação ganham tempo precioso para se preparar para o perigoso ataque rival.

“Cada jogo a gente estuda os adversários. Procura ver se chutam muito de fora da área, se batem mais colocado, mais forte. Mas futebol não é ciência exata. Às vezes chega na hora e muda tudo”, disse o goleiro Renan, que assistiu ao jogo dos paulistas contra o Internacional e está preocupado especialmente com Jorge Henrique, com quem atuou entre 2007 e 2008 no Botafogo. “Aquele baixinho é complicado”.

Na tarde desta sexta, Caio Júnior basicamente confirmou a equipe, treinando com Renan; Alessandro, Antônio Carlos, Fabio Ferreira e Lucas Zen; Marcelo Mattos, Renato, Márcio Azevedo, Elkeson e Maicossuel; Herrera.