O torcedor do Atlético, pelo menos nas redes sociais, ainda está dividido com a nova identidade visual do clube divulgada na noite de terça-feira (11), em evento realizado na Arena da Baixada. A diretoria considerou a mudança necessária no projeto de transformação do Furacão para ser uma das potências do futebol mundial. O presidente Luiz Sallim Emed garantiu que a nova marca vai intensificar as principais qualidades do Rubro-Negro e que já são conhecidas entre os torcedores. Mais do que isso, para ele, é o resultado de todo o trabalho feito desde 1995.

+ Leia também: Pela Sul-Americana, Arena recebe primeira decisão de peso do Furacão

“Isso resume todo o trabalho que vem sendo feito nos últimos 25 anos. A gente respeita o passado, como foi de resgatar pessoas que estiveram aqui. A partir de agora é uma nova marca, um novo visual, mas com o mesmo espírito do Furacão, da raça, da ambição, da briga, da ousadia. Isso nós não vamos perder. Modificam-se os costumes, mas os princípios têm que permanecer e isso vai permanecer para sempre com o Atlético”, garantiu o dirigente.

+ Mais na Tribuna: Título da Sul-Americana pode render ‘bolada’ e muito mais

Reconhecido como o clube com a melhor infraestrutura das Américas, o Atlético quer, com a conquista da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira (12), às 21h45, diante do Junior Barranquilla, na Arena da Baixada, ter o mesmo reconhecimento dentro de campo. E é isso que quer a diretoria atleticana no duelo diante dos colombianos, que é um dos mais importantes da história do clube.

+ Polêmica: Petraglia projeta futuro e alfineta o Coritiba

“Hoje o Atlético é respeitado, reconhecido como o clube mais bem estruturado das Américas. Precisamos ter esse reconhecimento dentro de campo. Isso que estamos buscando, Você não ganha sempre, mas estamos muito próximos de uma das maiores conquistas do Atlético. Isso que a gente busca. Essa é a nossa esperança, nossa fé e nossa expectativa. Acho que com fé vamos conseguir”, reforçou Emed.

+ Decisão: Furacão pode entrar pra história do futebol internacional

Durante a apresentação da nova identidade visual do Furacão, o presidente do Conselho Deliberativo, Mário Celso Petraglia, descreveu alguns dos objetivos para os próximos anos. Entre eles estão atingir a marca de 40 mil sócios, conseguir mais patrocinadores e garantir um naming rights para a Arena da Baixada. Tudo isso para que o sonho de tornar o Rubro-Negro campeão mundial possa se tornar realidade.

“A conquista do título da Sul-Americana é um degrau a mais, sem dúvidas. Todas as coisas nos traz ânimo. Você olha esse ambiente, que não é só festivo, mas de emoção, de esperança. Precisamos muito dessa esperança. Se nós formos conseguindo bons resultados, certamente vamos conseguindo nossos objetivos traçados”, concluiu o mandatário atleticano.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!