A derrota por 3×0 para o Coritiba, no jogo de ida da final do Campeonato Paranaense, revoltou os torcedores do Atlético, que cobraram muito os jogadores ao longo da partida, principalmente com pedidos de raça. E após o clássico, alguns jogadores se manifestaram nas redes sociais e pediram desculpas aos atleticanos.

O primeiro deles foi o meia Felipe Gedoz, que foi expulso no segundo tempo do Atletiba e lamentou o cartão vermelho e a derrota para o maior rival.

“Primeiramente, queria pedir desculpas a todos os torcedores atleticanos pela minha expulsão. Sei que não tive uma tarde boa hoje, mas uma coisa que aprendi é nunca abaixar a cabeça para nada, sei que é difícil, pois fomos derrotados pelo nosso maior rival e me sinto culpado por essa derrota. São coisas que acontecem no futebol, nem sempre terei um excelente dia em campo, enfim, acho que era isso. Mais uma vez peço mil desculpas a todos os torcedores e, principalmente, a meus companheiros de trabalho”, postou o camisa 10 do Furacão.

O volante Deivid também mandou um recado para a torcida. Abalado com as críticas pela atuação e pela falha que originou o segundo gol do Coxa, o jogador lembrou que desde que chegou ao Rubro-Negro mais acertou do que errou.

“Olá, galera, primeiramente venho pedir desculpa pela falha no segundo gol. Infelizmente, na saída do Weverton achei que iria pegar e acabei segurando a corrida acreditando que iria pegar, e se eu fosse iria me chocar com ele. Nesses 11 anos servindo o clube, cometi erros, hoje foi um deles, uma decisão mal tomada, mas já tive muitos acertos. Dentro da partida de hoje cheguei mais ao ataque, chutei a gol, como muitos pedem, fiz um passe para o Eduardo, que acabou não saindo o gol, o que resultaria em uma assistência, então não vejo tudo isso que estão falando da minha pessoa”, disse Deivid, em parte do texto.