Pijama listrado

Atlético sofre nova derrota fora de casa

No jogo de encerramento do primeiro turno, o Atlético continuou com a sina de não vencer fora de casa desde a primeira rodada do Brasileirão. Mesmo diante de um Flamengo desfigurado, o time paranaense não conseguiu impor seu futebol e foi derrotado por 1 a 0, na noite de ontem, no Maracanã.

Com o placar adverso, o Furacão alcançou a marca de oito jogos seguidos sem comemorar uma vitória atuando longe de Curitiba e, dependendo da combinação de resultados do restante da rodada, pode retornar à zona de rebaixamento. Agora, o Atlético volta sua atenção à estréia na Copa Sul-Americana, que acontece na terça-feira contra o São Paulo.

O Furacão entrou em campo nitidamente com o propósito de marcar forte e neutralizar qualquer avanço do rubro-negro carioca. E fez isso muito bem nos primeiros 45 minutos. Não deu espaço, mas abusou das faltas e cedeu muitos escanteios.

Assim deu oportunidades para o adversário alçar bolas na área e tentar incomodar. Porém, na fase ruim que o Urubu também se encontra, não levou nenhum perigo ao gol de Galatto.

Com o Furacão se defendendo e o Flamengo errando muito, o nível técnico da partida foi bem baixo. Os goleiros pouco trabalharam. A equipe carioca manteve a posse de bola durante boa parte do 1.º tempo, mas não arrematou.

A única boa jogada do time da casa foi numa progressão do argentino Maxi que chutou de fora da área e Galatto espalmou pra escanteio. Do lado atleticano, a oportunidade foi num levantamento em direção à área, após cobrança de falta, quando Danilo cabeceou a bola na trave.

Porém o assistente marcou impedimento. A mudança do esquema 4-4-2 para o 3-5-2, com a entrada de Alex Fraga, reforçou ainda mais o sistema defensivo e liberou um pouco os alas Nei e Márcio Azevedo.

Na etapa complementar, os times voltaram diferentes com os treinadores mudando seus atacantes. O jogo ficou aberto, com os times procurando o gol com mais insistência. O Atlético equilibrou a partida e criou oportunidades em arremates de Ferreira e Alan Bahia.

Porém, o castigo veio aos 31 minutos. O Flamengo, mesmo não jogando bem, abriu o placar após cobrança de escanteio de Juan. Jaílton subiu mais que a zaga e cabeceou para decretar mais uma derrota do Atlético fora de casa.

19a Rodada do Campeonato Brasileiro

Flamengo 1 x 0 Atlético

Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro

Flamengo: Bruno; Leonardo Moura, Jaílton, Ronaldo Angelin e Juan; Cristian, Jonatas (Luizinho aos 10° do 2º), Airton e Ibson; Maxi (Erick Flores aos 40° do 2º) e Paulo Sérgio (Eder no intervalo).

Técnico: Caio Júnior

Atlético: Galatto, Nei, Antônio Carlos, Danilo e Márcio Azevedo; Renan (Alex Fraga aos 32° do 1º), Alan Bahia (Rogerinho aos 38° do 2º), Rodriguinho e Ferreira; Anderson Aquino e Rafael Moura (Pedro Oldoni no intervalo).
Técnico: Tico

Árbitro: Sérgio Silva Carvalho (DF).

Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Renato Miguel Vieira (DF)

Gols: Jaílton aos 31° do 2.º

Cartões amarelos: Renan, Márcio Azevedo, Anderson Aquino (A); Juan, Luizinho, Ibson (F)

Publico total: Não divulgado

Voltar ao topo