Lucimar do Carmo
Paulo Almeida está sem clube
e pode pintar no Furacão.

O Atlético entrou no páreo para contratar o volante Paulo Almeida, que estava no Benfica. Os dirigentes não confirmam a informação, mas a imprensa paulista aponta o Rubro-Negro como provável destino do campeão brasileiro de 2002 pelo Santos. O Corinthians também está na briga. Se ele vier, se somará a Alan Bahia, Erandir e Marcelo Silva (que nem estreou) para o setor de marcação na meia. Além de um volante, o clube também corre atrás de mais um atacante e um zagueiro.

Depois de rescindir contrato com o clube português, Paulo Almeida retornou ao Brasil para recomeçar a carreira já que não teve grande êxito na Terrinha. Revelado pelo Santos e capitão do time campeão em 2002, ele está sendo disputado também pelo Timão de Geninho, que conhece o potencial do atleta. Se for contratado, ele só deverá ser registrado em 3 de agosto, prazo estipulado pela CBF para a contratação de jogadores do exterior. Mesmo tendo rescindido com o Benfica e estando sem clube, a entidade não tem inscrito jogadores nessa situação.

Mas as prioridades do técnico Givanildo de Oliveira para a disputa do Campeonato Brasileiro e Copa Sul-americana (que começa em setembro) são outras. Com a provável saída de Paulo André para o futebol francês e com o ataque sem muita inspiração nos últimos jogos, o treinador já revelou que precisa de reforços para esses setores. Por enquanto, nada de nomes. Mesmo estando no elenco, os atacantes Marcos Aurélio

e Neto Baiano ainda não tiveram a oportunidade de estrear.

Torcida estende a mão a Dago. Pela última vez

A confraria Esquadrão da Torcida Atleticana (ETA) voltou a apelar ao atacante Dagoberto para que reveja sua posição e renove o contrato com o Rubro-Negro. Para os torcedores, a saída de Gabriel Massa da Massa Sports põe fim à empresa que gerencia a carreira do jogador e ele deveria se amparar no clube. ?Seja humilde como esse nosso apelo. Procure renovar o seu contrato e faça pelo menos mais uma temporada trabalhando pelo nosso sucesso no Brasileirão 2006?, diz Doático Santos,presidente do ETA.

De acordo com ele, será melhor para o jogador permanecer no Atlético. ?Será o melhor para sua valorização profissional. E aí, sem melancolia, você pode seguir o seu destino. Nós, a nação atleticana, vamos lembrá-lo nas boas páginas da nossa história e seguiremos com o nosso Furacão rumo ao sol que é luz e não à lua que é trevas. Reflita e decida. Lembre que nesse teu purgatório você tem pela última vez a nossa mão estendida?, completa.

Para tentar fazer a cabeça de Dago, os torcedores têm apelado até para o sobrenatural. Uma mãe-de-santo está sendo contratada para realizar despachos próximo da Massa Sports e da casa do atacante. No entanto, os sócios remanescentes da empresa que gerencia a carreira de Dagoberto afirmam que é o jogador quem não quer o acerto. Esta decisão motivou a saída de Gabriel Massa da sociedade, que está em pé de guerra pela utilização do nome ?Massa?.