Com uma média de idade de 20,4 anos, em sua escalação inicial, o time de aspirantes do Athletico venceu o União por 3×1 na tarde deste sábado, no estádio Anilado, em Francisco Beltrão. Os gols foram marcados por Pedrinho (dois) e Kleiton para o Rubro-Negro e Léo para o time da casa.

O Furacão não demorou a abrir o placar. Logo aos 12 minutos, em saída errada de Samuca, Pedrinho tentou o chute na zaga. Na sobra, Christian também chutou e a bola desviada parou em Jaderson, que bateu em cima do goleiro e Pedrinho, sozinho, aproveitou o rebote.

Atrás do placar, o União se arriscou mais e chegou em chutes de fora da área. Samuca, Rafael e Cleiton arriscaram, mas não ofereceram perigo à meta do goleiro atleticano, Anderson. O Furacão, com a vantagem, mais administrou o jogo e, quando chegava ao ataque, em passes rápidos, pecava na decisão final, seja no passe ou no chute.

Na volta do intervalo, a equipe do interior continuou mais ofensivo e pressionando. Luan, por duas vezes, chutou para fora. De tanto martelar, o gol saiu, aos 8. Léo chutou da intermediária, Anderson não segurou um chute em cima e levou um frango.
O empate empolgou ainda mais o União, mas esbarrava na falta de criatividade. O time rubro-negro, com dificuldades em jogadas trabalhadas, decidiu apostar na bola parada ou jogadas aéreas. Danilo Boza, de cabeça, mandou rente ao travessão, enquanto Pedrinho recebeu cruzamento, ajeitou e soltou uma bomba para a defesa de Marcos Paulo.

Foto: Mauricio Moreira / Foto Digital.

Com 30, o segundo gol rubro-negro saiu em um lance confuso. Em escanteio da esquerda, Dalmo tirou, mas Léo errou o chute e devolveu a bola para a área. Boza desviou de cabeça e Pedrinho, na pequena área, chutou para as redes.

Esse foi o sexto gol do camisa 9 pelo Athletico, mas os primeiros em uma competição profissional. Antes ele tinha marcado duas vezes no Brasileirão sub-20 e mais dois gols no Brasileirão de Aspirantes.

Na reta final, Boza ainda mandou uma cabeçada no travessão e Christian isolou uma boa chance dentro da área. O time do interior também desperdiçou uma oportunidade clara. Douglas entrou na área, ficou de frente com Anderson, mas se enrolou para chutar e caiu na área, tentando cavar pênalti.

E ainda deu tempo de sair mais um do Furacão. Kleiton, que tinha entrado seis minutos antes, deixou um marcador no chão, driblou outro e tocou por debaixo das pernas do goleiro, aos 41, para fechar o triunfo atleticano.

Com três pontos e na liderança provisória, o Athletico volta a campo na quarta-feira, às 20h, diante do PSTC, na Arena da Baixada, pela segunda rodada do Estadual.

+ Veja como foi o jogo entre União Beltrão e Athletico!

+ Confira a tabela e a classificação do Campeonato Paranaense!

Próximos jogos
22/01, Arena da Baixada: Athletico x PSTC
25/01, Arena da Baixada: Athletico x Londrina
30/01, Albino Turbay: Cianorte x Athletico

Ficha técnica
1ª fase – 1ª rodada
União 1×3 Athletico

União
Marcos Paulo; Julio, Casimiro, Samuca e Cleiton (Rafael da Cruz); Rafael, Sato, Léo, Luan; Jabá (Douglas Gurgel) e Marcelo Regis (Dalmo).

Athletico
Anderson; Léo Simas, Danilo Boza, Walber e Abner Vinícius (Reinaldo); Léo Gomes, Christian, Denner (Kleiton) e Jáderson; Pedrinho e Boselli (Elias Carioca). Técnico: Eduardo Barros.

Local: Anilado (Francisco Beltrão)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva
Assistentes: João Brischiliari e Zacarias Chumlhak
Gols: Pedrinho 12 do 1º; Léo 8 do 2º e Pedrinho 30 do 2º
Cartões amarelos: Luan, Casimiro (UNI); Abner Vinícius, Anderson (CAP)
Renda e público: 2.801 pagantes / 2.918 total / R$ 65.940

+ Mais do Furacão:

+ Athletico reencontra o Boca Juniors na calorosa San Juan
+ Athletico entra para acervo inusitado de museu “escondido” no Bicentenário
+ Palmeiras entra na briga com o Corinthians por atacante Rony, do Athletico