O zagueiro Thiago Heleno seguirá no Athletico. Na tarde desta quarta-feira (12), o defensor assinou a renovação do contrato, que encerrava em dezembro de 2020, até o final de 2022.

” Estou muito feliz com essa renovação. Agradecer a toda a diretoria pelo apoio de sempre e pela confiança no meu trabalho. Espero que eu possa conquistar mais coisas nesse período. Até o final do contrato, vou trabalhar para ter mais importância no Clube com títulos e vitórias, ajudando todo mundo que está chegando. Seguir sendo feliz em busca dos nossos objetivos”, disse o General.

Contratado em 2016, o defensor vai para a sua quinta temporada no Rubro-Negro. Até aqui, foram 153 jogos e 13 gols marcados, além das conquistas do Campeonato Paranaense de 2016, e da Copa Sul-Americana de 2018, quando, inclusive, bateu o pênalti que garantiu a taça.

+ Cristian Toledo: Thiago Heleno terá o maior desafio da carreira

No ano passado, fazia parte do elenco que faturou a J-League/Conmebol Cup e a Copa do Brasil, mas não pôde atuar por estar suspenso pelo uso da substância higenamina, que o fez ficar afastado dos gramados por seis meses.

Identificação

Quando o novo acordo se encerrar, Thiago Heleno terá 34 anos. Teoricamente, ainda não estará em idade para se aposentar, mas caso não permaneça por mais tempo no CT do Caju, já estará marcado como um dos principais jogadores da história do clube.

Não apenas entre os zagueiros. TH44 deve ser lembrado como um dos mais importantes atletas do Athletico. Um dos mais vencedores e ídolo da torcida. Foi dele o último pênalti na decisão contra o Junior Barranquilla, na Arena da Baixada. A bomba no meio do gol transformou em realidade o primeiro título internacional do clube, a Copa Sul-Americana.

No ano passado, o mineiro de Sete Lagoas levantou a Copa do Brasil. Comemorou a conquista mesmo impedido de jogar por seis meses – culpa de um doping admitido pelo clube.

Durante o calvário, em nenhum momento o zagueiro veio a público criticar o Athletico, pelo contrário. Cumpriu a suspensão e continuou exercendo sua natural liderança dentro do elenco. Foi exemplo.

Adaptado à cidade, ao clube e agora, ainda mais valorizado, o General tem três temporadas para continuar fazendo história.

“O Thiago aprendeu a amar do Athletico. Essa renovação é uma prova de reconhecimento de tudo que ele já fez pelo clube. Ele está eternamente ligado ao Furacão. E quem sabe não se aposenta por aqui, fazendo história com ainda mais conquistas?”, disse o empresário do atleta, Giba Brasil.

+ Mais do Furacão:

+ Elenco do Flamengo vale cinco vezes mais que o do Athletico. Veja valores
+ Athletico mira a contratação do goleiro Jandrei, ex-Chapecoense