enkontra.com
Fechar busca

Athletico

Athletico Paranaense

Athletico Paranaense

Pés no chão

Rafael Guanaes evita euforia por momento do Athletico e pede apoio total da torcida

Apesar da evolução nítida do time, técnico ressaltou que não serão em todos os jogos que o Furacão irá golear

  • Por Juliana Fontes
Rafael Guanaes garantiu que o Athletico não vai diminuir o ritmo. Foto: Albari Rosa

Da água para o vinho. Se o Athletico gerava desconfiança na sua torcida por uma primeira fase do Campeonato Paranaense muito fraca, agora, na segunda metade da competição, inspira confiança de que pode brigar pelo título. A mudança de comportamento da equipe dentro de campo se deve, na visão do técnico Rafael Guanaes ao tempo que o time teve para processar a informação de como deveria jogar.

+ Leia também: Marquinho comanda a reação do Furacão

O comandante do Furacão, que já tinha falado anteriormente, em outras entrevistas, que o mês inteiro que teve entre o fim da Taça Barcímio Sicupira e o início da Taça Dirceu Krüger foram decisivos para que o elenco se encontrasse, reafirmou o quanto agora os atletas, até ele mesmo, puderam assimilar a melhor forma de representar o Rubro-Negro.

“Vou ainda bater na tecla do tempo. Na inter temporada pudemos ter um melhor entendimento e todos puderam trabalhar pelo crescimento individual e coletivo do time”, explicou.

+ Mais na Tribuna: Athletico sofre derrota no STJD no caso ‘torcida humana’

Após três resultados expressivos seguidos (x2 diante do Toledo, 4×0 em cima do Maringá e 3×0 no Operário), Guanaes se preocupou em explicar à torcida que mesmo que o time esteja trabalhando para sempre dar o seu melhor, os resultados negativos também podem aparecer. Não querendo acostumar a torcida com vitórias tão relevantes, o treinador quer contar com o suporte e a confiança do torcedor nos momentos não tão positivos que podem vir.

“Não vai ser todo jogo que teremos goleada. A gente quer sempre jogar bem, se impor, ser melhor, mas queremos contar com o apoio do torcedor para quando não estivermos tão bem. Talvez não tenhamos feito um super jogo (contra o Operário), mas nos momentos cruciais fomos eficientes”, detalhou.

+ Confira a classificação completa e a tabela de jogos da Taça Dirceu Krüger

Ainda sem contar com a classificação à semifinal do segundo turno, o comandante atleticano quer continuar pensando somente em vitórias, e não vai ‘baixar a guarda‘ mesmo depois de três vitórias.

“Temos um planejamento e enquanto não nos classificarmos pensamos nos cinco jogos totais desta fase. Enquanto não alcançar, vamos continuar martelando. Traçamos uma meta, estamos atrás dela e enquanto isso não se definir estamos atrás dela”, finalizou ele.

O Athletico é o primeiro colocado do Grupo A, com nove pontos, precisando de apenas mais um ponto em dois jogos que restam para se garantir na fase eliminatória.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

8 Comentários em "Rafael Guanaes evita euforia por momento do Athletico e pede apoio total da torcida"


Barbosa Sincero
Barbosa Sincero
28 dias 14 horas atrás

Os nóias fazem a maior festinha mas quando olham a camisa verde e branco, se borram geral…só o peso da camisa já ganha desses poodles, mesmo com nossas tiriças vamos pra cima…

Destruidor de Falidos da série B
Destruidor de Falidos da série B
28 dias 14 horas atrás

Sim igual borraram na cara de vcs pakitas ano passado com o time C.
Acorde para realidade sua pork verde iludida. O seu time está no fundo do poço e não tem nenhuma perspectiva de melhora. O titio Samir consegue fazer os iludidos que a única coisa que vale são os Rurais hauahuaha filinhos do Samir

Jackson Good
Jackson Good
28 dias 12 horas atrás

Falou tudo. Isso de peso da camisa é uma das maiores bobagens do futebol, coisa de quem não tem mais argumento nenhum.

Tom Redblack
Tom Redblack
28 dias 16 horas atrás

O Athletico poderia o próximo ano utilizar o grupo de aspirantes representando um time do interior paulista como fez com a Ferroviária, o paulistão é muito mais rentável que o ruralzão, e utilizaria o sub20 pro regional, acho que seria mais rentável tanto financeiramente como na questão de revelar!

João Manoel Filho
João Manoel Filho
28 dias 17 horas atrás

Sem ufanismo. Ainda acho que está errado o planejamento do CAP. O time principal deveria jogar o estadual para obter entrosamento e capacidade física. Louvo até o desenvolvimento atual do time do estadual mas este fato não é bom gerenciamento.

Jackson Good
Jackson Good
28 dias 12 horas atrás

Concordo em parte, o time principal deveria jogar alguns jogos, mas não desde o inicio, pois sacrificaria a pré-temporada. O problema é a Federação limitar o número de jogadores inscritos.

RODRIGO
RODRIGO
28 dias 16 horas atrás

Ahh sim claro, colocar o time principal pra jogar um campeonato que só da prejuízo, onde o TIME C faz 15 gols em 3 jogos, campos de varzea para jogar, campeao do primeiro turno é o Toledo em cima de um pequeno clube da capital…. Vc esta “SERTO”, se candidate a presida, temos um “JENIO” aqui!!

Lutador Antifascista
Lutador Antifascista
28 dias 17 horas atrás

Não dá para comparar o primeiro turno com o segundo turno do time de aspirantes do Atlético. O Guanaes e os jogadores erraram muito no primeiro turno e agora estão totalmente diferentes, com outro espírito competitivo. Parabéns ao técnico e jogadores, nós daremos total apoio para ganhar o Ruralzão.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas