O Lyon, da França, entrou com força na concorrência pelo volante Bruno Guimarães, do Athletico. O time francês fez uma proposta maior do que a do Benfica, de Portugal, que ofereceu 20 milhões de euros (aproximadamente R$ 92,6 milhões) mais 10% em futuras negociações. Os valores oficiais da oferta do Lyon não foram revelados. O volante foi um pedido de Juninho Pernambucano, ex-meia que é diretor da equipe francesa.

O Arsenal, apontado como outro possível interessado, até o momento não entrou em contato com o Rubro-Negro e sequer apresentou uma proposta.  O destino do jogador de 22 anos deve ser decretado nos próximos dias, uma vez que a janela de transferência para a Europa está perto de ser fechada.

Conforme apurou a Tribuna do Paraná/Gazeta do Povo, o presidente Mário Celso Petraglia tem feito ‘jogo duro’ para concluir a negociação do atleta e até o último momento vai buscar a melhor proposta. A janela de transferência na França e na Inglaterra vai até o dia 31, enquanto em Portugal é fechada até dia 02 de fevereiro. Portanto, esta semana deve ser decisiva para o jogador.

O Atlético de Madrid tinha a preferência pela compra do atleta – em um acordo negociado durante a venda do lateral-esquerdo Renan Lodi – mas não exerceu o direito. Com isso, o Benfica surgiu como principal concorrente. Em um primeiro momento, Petraglia só aceitaria 30 milhões de euros, cerca de R$ 140 milhões, portanto pediu aumento dos valores. Os portugueses acrescentaram 10% nos direitos do atleta em uma futura venda, mas o Athletico quer entre 20% e 30%.

Em grande fase, Bruno Guimarães é o capitão da seleção brasileira no Pré-Olímpico, que está sendo disputado na Colômbia. O jogador foi essencial na estreia com vitória do Brasil por 1×0 em cima do Peru, no último domingo (19), e aguarda a decisão sobre seu futuro.

+ Mais do Furacão:

+ Athletico vence o União Beltrão na largada do Campeonato Paranaense
+ Veja os gols da partida entre União Beltrão e Athletico
+ Cristian Toledo analisa a vitória do Athletico sobre o União Beltrão