O zagueiro Lucas Halter, o atacante Walter e outros dois funcionários do Athletico que haviam testado positivo para Covid-19 às vésperas do confronto frente ao Peñarol, na última terça-feira, em Montevidéu, retornaram a Curitiba na noite da última quarta-feira, em voo fretado pelo clube.

Os quatro estavam isolados em um hotel na capital uruguaia e eram para ter ficado em quarentena por pelo menos sete dias. Entretanto, o clube conseguiu a liberação dos envolvidos junto às autoridades uruguaias.

O Athletico não se pronuncia oficialmente sobre os casos de coronavírus.

+ Mais do Furacão:

+ De sensação do Brasil a futebol pífio: Athletico decepciona após faturar R$ 500 milhões
+ Autuori já dá seus pitacos no Athletico, mas deve comandar o time de longe
+ Quem o Athletico pode enfentar nas oitavas da Libertadores?


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?